Gwenpool é uma das mutantes mais poderosas da Marvel e você não fazia ideia

Criada em 2015, a personagem Gwenpool é adorada e odiada por leitores dos quadrinhos. Muitos adoram seu design, humor e como ela tem a capacidade de quebrar a quarta parede – algo que a Mulher-Hulk e o Deadpool já faziam há anos, mas de forma diferente.

Marvel Comics

Outros leitores a criticam por “ser uma cópia” do Deadpool, outros não gostam de como ela é escrita como uma jovem da Geração Z que usa memes e linguagem de internet para se comunicar. Mas você conhece a origem da personagem?

Sabia, inclusive, que embora tenha surgido como uma humana comum, hoje ela é uma das mutantes mais poderosas da Marvel? Fica com a gente que hoje iremos falar sobre a Inacreditável Gwenpool.

De capa variante a heroína

A Gwenpool surgiu em uma capa variante de Deadpool’s Secret Secret Wars #2. A capa era parte de uma série de homenagens à personagem Gwen Stacy, com variantes em que personagem era representada como o herói do título. Existem outras versões dessas capas com a Gwen sendo o Homem de Ferro, Viúva Negra, Capitão América e até o Groot. Uma capa em específico, criada pelo artista Chris Baccalo, trazia a personagem como uma versão alternativa da Gwen em que ela era o Deadpool. Ou Gwenpool. A capa fez muito sucesso, inspirando cosplays e fanarts, e aí a Marvel decidiu capitalizar em cima disso e criar uma personagem nova.

Gwenpool mutante Marvel
A capa que originou Gwenpool, por Chris Bachalo | Marvel Comics

O editor Jordan D. White (atualmente editor da franquia mutante) pediu para o roteirista Christopher Hastings (Deadpool) criar uma história de origem para a Gwenpool. Algo importante é que por mais que ela fosse inspirada na Gwen Stacy, Jordan queria que ela fosse uma personagem original, separada da Gwen. E que também não fosse um spin-off do Deadpool. Assim, Gwenpool (cuja identidade é Gwendolyn Poole, e não Gwen Stacy) surgiu nas revistas de Howard, o Pato e se consolidou no universo da Marvel.

Origem e “poderes”

Na época, a origem da Gwen era que a personagem era uma humana comum que vivia em um universo onde não existiam super-heróis – um universo como o nosso. Nesse mundo, Gwen, assim como os leitores, era fã de quadrinhos e sabia tudo sobre a Marvel. Por isso, quando ela foi transportada para o Universo 616, Gwen já sabia quem eram os heróis e suas identidade secretas, além de ter noção de que estava em uma história em quadrinhos.

Gwenpool mutante Marvel
Gwen Poole originalmente era uma humana fã de quadrinhos | Marvel Comics

Dessa forma, a Gwenpool interage o tempo todo com o leitor em suas histórias, quebrando a quarta parede, ainda consegue interferir diretamente na narrativa, pulando de quadros, tirando elementos do nada e às vezes até “rasgando” páginas.

Mutante?

Gwenpool mutante Marvel
Em Krakoa, a Gwenpool agora era oficialmente uma mutante | Marvel Comics

Na minissérie Gwenpool Ataca Novamente, escrita por Leah Williams, vemos Gwen lutando contra o número limitado de páginas e tentando puxar várias participações especiais de personagens de sucesso na Marvel para impedir o cancelamento de sua revista. Isso porque a personagem, por mais que fizesse sucesso, dificilmente conseguia manter um título mensal por muito tempo. Com o receio de ser “esquecida” pelos fãs, a personagem chega a apelar para cenas dos Vingadores em roupas de banho e um torneio de batalha entre heróis.

Ao fim, em uma tentativa de manter Gwen relevante, a Marvel decidiu criar um “retcon” em sua origem. Na edição final da revista, a Miss Marvel conversa com Gwen, apontando que a jovem não era uma humana comum e que tinha, sim, poderes. Afinal, Gwen conseguia se teletransportar, criar objetos do ar e sabia de coisas que não teria como saber – basicamente, alterando a realidade ao seu redor.

Com isso, ficou estabelecido de que talvez Gwen fosse uma mutante que alterou a realidade para escapar do choque de ter seus poderes se manifestando. Dessa maneira, a origem em que ela era uma humana normal que “caiu” no Universo 616 era algo que ela teria criado com seus poderes e apagado da realidade junto com o fato de que era mutante.

Gwenpool mutante Marvel
Marvel Comics

O final da revista é ambíguo e não afirma com certeza de que a Gwen realmente era uma mutante ao invés de uma garota deslocada de realidade. Ainda assim, a personagem aceita esse “retcon” e termina a revista oficialmente migrando para Krakoa, onde agora vive como uma mutante poderosa, capaz de moldar a realidade ao seu redor.


E você, caro leitor? Sabia das origens e poderes da personagem? Gosta da personagem? Deixa sua opinião aí nos comentários! Não esqueça também de curtir a nossa página no Facebook e seguir nossas demais redes sociais!

Please follow and like us:
error

Espera aí meu jovem, já vai embora? Esperamos que você tenha gostado do conteúdo do site. Mas não esquece de nos seguir nas redes sociais abaixo para curtir mais material sobre a Marvel :D