A nova fase dos X-Men é ótima, mas é o tipo de leitura que você está buscando?

No final de julho a editora Panini iniciou a publicação no Brasil da nova fase dos X-Men encabeçada pelo escritor Jonathan Hickman (Vingadores). A revista remodelou os mutantes e tem caído nas graças dos leitores, mas é o tipo de leitura que você busca?

A essa altura do campeonato você já deve ter visto todos os youtubers, ou escutado os podcasters, choverem elogios aos X-Men de Jonathan Hickman. Muitos portais também estão postando reviews muito positivos dessa HQ.

Agora você deve estar se perguntando: “OK, se o material é bom e todo mundo ta gostando, por qual motivo essa não seria a leitura que estou buscando? Eu gosto de coisa boa, oxe“.

A questão é que os X-Men são uma franquia, uma ampla franquia. O que o Hickman está planejando aos X-Men é gigante. E o que saiu no Brasil é apenas a pontinha do iceberg.

Em X-Men #1-4 da editora Panini estão sendo lançadas as minisséries Dinastia X e Potencias de X, que são uma espécie de prelúdio para esse grandioso run. É apenas o começo.

A partir de então lá nos Estados Unidos foram publicadas as seguintes HQs: X-Men, Novos Mutantes, X-Force, Marauders, Fallen Angels e Excalibur. Essas seis HQs vão compor o mix de X-Men da Panini a partir da edição #5. Para mais detalhes confira aqui.

Porém essa foi apenas a primeira leva de publicações. Novas revistas surgiram depois disso lá nos Estados Unidos, como: Wolverine, X-Men + Quarteto Fantástico, Satânicos, X-Factor e Cable.

Fallen Angels é uma minissérie de seis edições, X-Men + Quarteto Fantástico outra mini de quatro edições, mas as demais HQs são títulos mensais. E todas, inclusive as minis, tem relevância para a grande história que Hickman está planejando. Algumas impactam mais, outras menos, mas todas são importantes em algum nível.

E se você não deseja perder nada, se você realmente quer acompanhar e entender o que o Hickman plantou nessas primeiras quatro edições dos X-Men da Panini, você terá de acompanhar todas essas outras publicações.

As seis primeiras já sabemos que a Panini vai compilar em um formato de mix aqui no Brasil a partir de X-Men #5, porém os títulos que virão na sequência e chegarão no Brasil apenas em 2021 ainda são uma incógnita. Talvez incorporem no mix atual, deixando a HQ com mais páginas e um preço um pouco mais salgado? Ou talvez podem sair em encadernados próprios e separados. Ainda não sabemos.

A questão é que apesar desse início avassalador, se o leitor quiser encarar essa jornada, vai precisar abraçar uma alta quantidade de revistas. Nem toda são ótimas, algumas são bem fracas, não espere a mesma qualidade de Dinastia X e Potenciais de X, mas ainda há sim muito material bom no mix dos X-Men.

Como são várias revistas, cada uma com um elenco e equipe-criativa diferentes, a chance de você simpatizar com o elenco de pelo menos alguns títulos é grande.

E vale reforçar: no final desse mês começará a ser publicado nos EUA a saga X of Swords, a primeira dos X-Men desde que essa fase teve início. E todas as revistas estarão conectadas nesse grande evento. Então se a sua ideia é simplesmente não ler uma revista, essa pode ser uma decisão ruim.

Mas calma, não queremos te desanimar. Esse texto não é para dizer que você não deve acompanhar os X-Men do Hickman. Particularmente estou adorando, alguns títulos são melhores do que outros, mas a qualidade no geral é boa e a história segue envolvente e instigante.

Essa é disparada a fase mais coesa e organizada que os mutantes tiveram. Nada acontece por acaso, tudo é planejado. Os eventos de um título impactam no outro, não é como se cada revista estivesse ignorando a outra.

Mas é importante que você tenha a noção do que lhe espera logo adiante, para não se frustrar. Se você estiver ciente do que o espera, talvez possa curtir ainda mais essa inesperada aventura.

A nova fase dos X-Men exige comprometimento, você precisará ler muitas revistas. Essa é a má notícia. A boa é que ao final valerá a pena. Mas me sinto na obrigação de avisar caso você não esteja buscando uma leitura que te prenda tanto assim.

Você não vai ler as quatro primeiras edições de X-Men e deu. Pelo contrário, é a partir de então que a jornada começará de verdade.

Mas e então, caro leitor, você está gostando dos X-Men do Hickman até agora? Vai continuar lendo? Deixe a sua opinião nos comentários.

Please follow and like us:
error

Espera aí meu jovem, já vai embora? Esperamos que você tenha gostado do conteúdo do site. Mas não esquece de nos seguir nas redes sociais abaixo para curtir mais material sobre a Marvel :D