Jamesons

– O maior site especializado em Marvel do Brasil

21 Roteiristas para você ficar de olho na Marvel em 2018

Lá em 2012, após a saga Vingadores vs. X-Men, a Marvel começou a publicar a fase Nova Marvel!. A iniciativa relançou todas as HQs da editora, promovendo uma verdadeira dança das cadeiras nas equipes criativas de praticamente todas as publicações. Na época esse movimento foi visto com desconfiança por muitos, enquanto hoje o público olha pra trás e sente a nostalgia bater forte.

A Nova Marvel! foi encabeçada por nomes muito populares no mercado. Matt Fraction não apenas ganhou seu Eisner com o Gavião Arqueiro, como também escrevia a muita elogiada Fundação Futuro (que é tão boa que a gente ignora o seu medíocre Quarteto Fantástico). Criativamente falando, Brian Michael Bendis viveu uma das suas piores fases criativas, tanto em X-Men, quanto em Guardiões da Galáxia e até Miles Morales, mas ainda era um sinônimo de vendas altas e de no mínimo atenção por parte dos leitores.

Apesar de todos esses grandes roteiristas, o fenômeno da Nova Marvel! foi mesmo Jonathan Hickman. Escrevendo duas revistas dos Vingadores, ele promoveu as grandiosas Guerras Secretas, marcando seu nome para sempre na história da editora.

Além de toda essa galera, faziam parte do cartel da editora nomes como os de Kieron Gillen (Jovens Vingadores), Rick Remender (Venom), Kelly Sue DeConnick (Capitã Marvel), Warren Ellis (Cavaleiro da Lua) e Nick Spencer (Superiores Inimigos do Homem-Aranha).

Só que cedo ou tarde, a maioria esmagadora desses escritores acabaram parando de escrever para a Marvel. Alguns saíram parcialmente brigados (Remender), outros saíram na boa (Bendis, Fraction, DeConnick, Ellis e Spencer) e outros seguem na empresa, mas focados na linha Star Wars (Gillen).

E agora? Como lidar com as perdas?

Qualquer um entraria em desespero por perder seus principais medalhões, principalmente Brian Michael Bendis, que os leitores jamais pensaram que um dia sairia da Marvel. Aí entra um grande mérito do ex-Editor-Chefe Axel Alonso: caçar ótimos talentos.

Não existe segredo, se os medalhões estão saindo, é preciso formar novos medalhões. É como um time de futebol, se o craque é vendido, existem apenas duas opções: trazer outro cara parrudo ou fazer uma aposta (seja em garotos da base ou em atletas parcialmente desconhecidos).

Esse processo da Marvel, de caçar novos medalhões, começou ainda em 2012. Mesmo com toda essa galera ainda na editora, Alonso foi aos poucos lançando novos nomes bastante promissores.

21 Roteiristas para você ficar de olho em 2018

Confira quem são os principais nomes criativos da Marvel para 2018. Compilamos aqui informações referentes às revistas que escrevem atualmente, de onde vieram e quando entraram na Marvel.

Gerry Duggan

HQs atuais: Guardiões da Galáxia, Deadpool e a saga Countdown.

Histórico: A carreira profissional de Duggan teve início no final dos anos 90. Ele foi roteirista, produtor e diretor de filmes e programas de TV. Nos quadrinhos o estrelato veio em 2008, quando The Infinite Horizon, sua HQ pela Image, foi indicada ao Prêmio Eisner na categoria de Melhor Nova Série. O prêmio acabou indo para a Buffy de Brian K. Vaughan e Joss Whedon, mas vale destacar que ele ainda concorria com o Punho de Ferro de Ed Brubaker e Escalpo de Jason Aaron.

Duggan chegou na Marvel em 2012 para co-escrever o Deadpool junto do humorista Brian Posehn. A dupla ficou um longo período trabalhando juntos, até que Gerry seguiu escrevendo sozinho a publicação. A partir daí sua carreira começou a decolar, assumindo a HQ do Nova (Sam Alexander), mais adiante os Fabulosos Vingadores e atualmente sendo o responsável pelos Guardiões da Galáxia e Countdown, a nova saga da Marvel para 2018.

Tom Taylor

HQs atuais: Novíssima Wolverine e X-Men: Red.

Histórico: Taylor é um dos escritores mais versáteis do mercado atualmente. Já escreveu quadrinhos, séries animadas para a TV, peças de teatro e até músicas. Foi premiado e indicado à prêmios por quase tudo o que produziu. No meio dos comics, se destacou escrevendo a linha Star Wars, na Dark Horse (hoje conhecida como a linha Legends). Seu trabalho mais popular é Injustice, os quadrinhos que acompanham o jogo de mesmo nome. Foi Taylor quem desconstruiu a imagem do Superman e o transformou em um ditador enlouquecido.

Na Marvel seus trabalhos de maior destaque são Superior Homem de Ferro, em 2014, e a Novíssima Wolverine, que estreou em 2015, que segue sendo lançada e é muito elogiada. Para fevereiro de 2018 está agendado o lançamento de X-Men: Red.

Ta-Nehisi Coates

HQs atuais: Pantera Negra.

Histórico: Coates é um jornalista e escritor americano. Ele escreve para a revista The Atlantic sobre temas culturais, sociais e políticos. Seus livros e reportagens já foram muito premiados e ele também é filho de um ex-membro dos Panteras Negras (grupo revolucionário que lutou pelos direitos dos negros na década de 60).

Coincidentemente sua estreia nos quadrinhos se deu como roteirista do Pantera Negra, em 2015. O autor trouxe muito da sua bagagem cultural e política para a HQ, produzindo uma enorme trama em Wakanda. Além da revista principal do herói, Coates também já roteirizou pelo menos outras três minis com o personagem.

Chip Zdarsky

HQs atuais: Peter Parker: The Spectacular Spider-Man e Marvel Two-In-One.

Histórico: Steve Murray é um jornalista, desenhista e designer que utiliza de pseudônimos para organizar os seus trabalhos. Ele já assinou colunas sob o nome de Todd Diamond, onde misturava informação com entretenimento enquanto dava dicas financeiras. Já quando o assunto é quadrinhos, ele atende por Chip Zdarsky.

Chip está no meio dos quadrinhos desde o início dos anos 2000, mas o reconhecimento surgiu apenas em 2013, quando co-criou a premiada serie Sex Criminals junto a Matt Fraction, que ficou responsável pela escrita, enquanto Zdarsky ficou a cargo dos desenhos. Na Marvel o artista recebeu oportunidades como roteirista, escrevendo primeiro a mensal de Howard, o Pato, em 2014, depois o Senhor das Estrelas e atualmente o Homem-Aranha e Marvel 2 em 1 (revista que promete trazer de volta o Quarteto Fantástico).

Saladin Ahmed

HQs atuais: Raio Negro.

Histórico: Ahmed é um escritor de livros de ficção científica e fantasia. O seu livro “O Trono da Lua Crescente” foi indicado ao Prêmio Hugo e venceu o Prêmio Locus. Ahmed também escreveu algumas antologias que foram publicadas em diversas revistas.

Na Marvel, o escritor possui apenas um trabalho, a mensal do inumano Raio Negro. A HQ estreou com muita desconfiança no meio deste ano, nenhum leitor botou fé e todos imaginaram que seu cancelamento seria quase imediato. Porém a publicação tem surpreendido a todos com uma alta qualidade e de acordo com ele, novos projetos com a editora já estão planejados.

Donny Cates

HQs atuais: Dr. Estranho e Thanos.

Histórico: Cates nos últimos anos foi um proeminente nome na Image, escrevendo Redneck e God Country. Ele também possui trabalhos de destaque nas editoras Aftershock (Babyteeth), IDW (Star Trek) e Dark Horse (Ghost Fleet).

Cates assinou com exclusividade com a Marvel esse ano, já lançando as primeiras edições de Dr. Estranho e de Thanos. As duas publicações estão sendo tão elogiadas que ele já avisou que novos projetos estão sendo desenvolvidos.

Matthew Rosenberg

HQs atuais: Guerreiros Secretos, Justiceiro, Fênix: O Retorno de Jean Grey, Novos Mutantes e Tales of Suspense.

Histórico: Matthew Rosenberg é um dos jornalistas de guerra mais importantes do mundo, tendo cobrido eventos no Iraque e Afeganistão por mais de 10 anos. Descobriu e publicou tantas coisas que chegou a ser considerado um espião.

Entretanto, esse é outro Matthew Rosenberg, o roteirista da Marvel é um jovem que tentou se aventurar na vida musical, teve uma pequena produtora, trabalhou em uma loja de impressão e também em uma comic-shop. Passou a escrever quadrinhos pois, de acordo com ele, “sentia uma completa falta de vontade de fazer outra coisa“. Estreou na Marvel em 2015 como uma one-shot da Tremor, mas passou a escrever regularmente em 2016, quando assumiu a mini-série do Rei do Crime.

Ed Brisson

HQs atuais: Cable, Velho Logan e Punho de Ferro.

Histórico: Brisson trabalha no meio dos quadrinhos desde a década de 90. Chegou a fundar uma pequena editora onde publicou alguns quadrinhos. Trabalhou também como letrista para a Image, onde lançou quadrinhos autorais como The Mantle.

O seu primeiro trabalho na Marvel foi em 2013, escrevendo o tie-in de Vingadores Secretos na saga Infinito. Mas de forma regular, ele apenas iniciou os trabalhos na editora em 2017, com a mini do Mercenário. O material foi elogiado e ele recebeu novos projetos.

Sina Grace

HQs atuais: Homem de Gelo.

Histórico: Grace foi por 2 anos Diretor Editorial da Skybound, empresa de Robert Kirkman usada para editar seus quadrinhos. Ou seja, ele era o editor de The Walking Dead. O autor escreve e ilustra quadrinhos, sendo o criador de materiais muito elogiados na Image como The Li’l Depressed Boy e a autobiografia Not my bags.

Na Marvel o autor chegou em 2017 escrevendo Homem de Gelo, nessa nova fase em que o herói se assumiu gay. Temos aqui novamente um caso de HQ que todos os leitores torceram o nariz para o lançamento mas a cada nova edição se interessaram mais ainda pelo material. Infelizmente, devido às baixas vendas, a HQ será descontinuada em 2018 na sua 11° edição. Porém Sina Grace já adiantou que terá novos projetos na editora.

Rainbow Rowell

HQs atuais: Fugitivos.

Histórico: Rowell é uma escritora de livros infanto-juvenis, tendo Eleanor & Park como um dos seus grandes sucessos. Suas obras costumam girar em torno do relacionamento juvenil de adolescentes que estão saindo da escola e entrando na vida universitária. A autora também aborda assuntos atuais nas suas obras, como sexualidade. De acordo com a Amazon, Eleanor & Park foi eleito um dos 10 livros do ano, em 2013.

Rainbow Rowell recebeu a difícil missão de trazer de volta os Fugitivos nos quadrinhos, bem a tempo do lançamento da série da Hulu. Aproveitando que os personagens envelheceram em relação a história original, a escritora foi uma feliz escolha do editorial, pelo talento em desenvolver o tipo de relação interpessoal que a HQ precisa.

Kelly Thompson

HQs atuais: Gaviã Arqueira e Vampira & Gambit.

Histórico: Thompson se destacou no mercado escrevendo Jem, série pela IDW que reimaginava as personagens da animação da década de 80 chamada Jem and the Holograms. Mas ela também teve outros trabalhos nos quadrinhos, inclusive na Dark Horse. Kelly já publicou dois livros: The Girl Who Would Be King, que aborda meninas com superpoderes na adolescência e Storykiller, sobre um mundo onde toda a fantasia é real e vive numa dimensão chamada “História“.

Na Marvel, a autora chegou em 2015, quando co-escreveu a mini da Capitã Marvel na saga Guerras Secretas junto de Kelly SueDeconick. Na sequência acabou sendo a responsável por alguns arcos de A-Force e atualmente escreve a Gaviã Arqueira. Na linha Star Wars, Thompson escreveu a mini da Capitã Phasma. Em janeiro de 2018 sairá nas bancas a mini da Vampira com o Gambit, também de sua autoria.

Jim Zub

HQs atuais: Vingadores.

Histórico: Zub talvez é um dos autores mais ecléticos da Marvel hoje. Na IDW escreveu de Dugeons & Dragons até Samurai Jack. Na Image produziu o material autoral Glitterbomb, uma trama de terror sobre a fama e o fracasso em Hollywood. O autor também tem talento desenhando e é coordenador de um programa universitário de animação.

O seu primeiro trabalho na Marvel não foi exatamente para a Casa das Ideias. Zub escreveu as duas minis do Figment, o dragão “mascote” da Disney e que é atração do parque em Orlando. Mas de fato para a Marvel sua estreia foi em Thunderbolts, em 2016. O trabalho foi bem recebido e na sequência ele foi o escolhido para encabeçar o mangá Zombies Assemble e ser o substituto de Gerry Duggan em Fabulosos Vingadores. Atualmente ele co-escreve a revista principal dos Vingadores junto dos autores Mark Waid e Al Ewing na maxi-série No Surrender.

Rodney Barnes

HQs atuais: Falcão.

Histórico: Nós entrevistamos o Rodney e conversamos sobre os seus trabalhos passados e atuais. Mas o que mais vale destacar no seu currículo tanto de roteirista como de produtor, foi que ele desempenhou essas duas funções em séries de TV como Eu, a Patroa e as Crianças e Todo Mundo Odeia o Chris. E atualmente ele repete essas funções na série dos Fugitivos na Hulu.

Ele fez sua estreia com histórias em quadrinhos esse ano, 2017, na HQ solo do Falcão. Uma tônica em boa parte dos seus trabalhos é abordar de formas diferenciadas o tema do preconceito. Como ele disse na entrevista “Aprendi que há um modo de abordar um assunto delicado sem deixá-lo chato como xarope. Quão mais divertido é o percurso, mais as pessoas tendem a querer acompanhá-lo.”.

Ethan Sacks

HQs atuais: O Velho Gavião Arqueiro

Histórico: Sacks é o editor de cinema e entretenimento do Daily News, quinto maior jornal de publicação diária dos Estados Unidos. Sua relação com a Marvel é bem próxima, pois foi ele quem divulgou em primeira mão a morte do Capitão América, lá em meados dos anos 2000, durante o run de Ed Brubaker. Ele também é um fã confesso de Stan Lee.

A mini em 12 edições do Gavião Arqueiro, que se passa no mundo do Velho Logan, mas antes da história original de Mark Millar, será sua primeira aventura regular no universo dos quadrinhos. Sacks também já escreveu uma pequena história sobre o Clarim Diário em um tie-in de Secret Empire. Mas se levarmos em conta os 17 anos de Daily News, onde ele viajou, cobriu, estudou e produziu uma infinidade de conteúdos sobre entretenimento, é de se pensar que ele tem tudo para trazer um olhar bastante rico para a editora. O Velho Gavião Arqueiro será publicado em janeiro de 2018 e ele já contou que novos projetos deve ser divulgados em breve.

Mariko Tamaki

HQs atuais: Mulher-Hulk.

Histórico: Tamaki é uma canadense, mas descendente de japoneses, que se destacou no mercado produzindo graphic novels que exploram muito bem o psicológico dos personagens. Foi assim com materiais como Skim e This One Summer, por exemplo. As duas obras, inclusive, colecionam prêmios e indicações. A sua maior honraria está no Eisner, onde em 2015 a HQ This One Summer saiu vitoriosa na categoria Melhor Graphic Novel.

A autora chegou na Marvel no início de 2017, escrevendo a mensal da Mulher-Hulk. Todas as qualidades que seus materiais anteriores demonstraram, a autora repetiu na Casa das Ideias. Sua Jeniffer Walters não caminha no lugar comum da vida de advogada ou super-aventura heroica. A publicação é sobre o abalo psicológico que a heroína sofreu após quase morrer em Guerra Civil II e ainda ter de lidar com o luto pela morte do seu primo (o Hulk).

Mike Costa

HQs atuais: Venom.

Histórico: Costa é um autor que passou muitos anos trabalhando na IDW, escrevendo GI Joe e Transformers (trabalho bastante elogiado, principalmente por se tratar de “apenas” uma HQ de licenciamento de brinquedos). Escreveu Hawksmoor para a Wildstorm, uma história derivada da consagrada Authority, e que contava com a arte da Fiona Staples (Saga). Mike também já escreveu alguns episódios da série de TV Lucifer.

Na Marvel o roteirista chegou em 2013, escrevendo uma pequena história para a mensal Vingadores + X-Men. Mas passou a contribuir regularmente a partir de 2014, focado na franquia do Homem-Aranha. Roteirizou tie-ins de Aranhaverso, Web-Warriors e atualmente é o responsável pela mensal do Venom.

Jody Houser

HQs atuais: Amazing Spider-Man: Renew your Vows.

Histórico: Houser é uma autora muito bem vista no mercado americano. Bastante versátil, ela coleciona trabalhos distintos que vão desde Arquivo X até 007 e Halo. Na editora Valiant ela escreveu a “super-heroína plus-sizeFaith. E na linha Young Animal, da DC, criou a Mother Panic, vigilante que reside em Gotham City.

Na Marvel possui três trabalhos. Uma Graphic Novel de Max Ride e adaptação em quadrinhos de Rogue One. Seu primeiro e até o momento único com os heróis da editora é em Amazing Spider-Man: Renew Your Vows, revista que mostra um universo alternativo onde Peter Parker e Mary Jane ficaram juntos e possuem uma filha já adolescente.

Ryan North

HQs atuais: Garota Esquilo.

Histórico: North é um humorista, escritor e programador. E usa todas essas características no seu trabalho. O lado humorista e escritor permite que ele desenvolva revistas com uma alta qualidade, já como programador ele desenvolveu uma série de aplicativos e sistemas que buscam auxiliar autores a publicar seus quadrinhos na internet. Em 2014 venceu o Prêmio Eisner na categoria Melhor Publicação para Crianças com a HQ de Hora da Aventura.

Seu trabalho na Marvel começou em 2015, com a mensal da Garota Esquilo, que ele escreve até hoje. Esse ano North recebeu 2 Eisners, na categoria Melhor Publicação para Adolescentes 13-17 anos, com a mensal da Garota Esquilo e também na categoria Melhor Publicação Humorística, por Jughead, da Archie Comics.

G. Willow Wilson

HQs atuais: Miss Marvel.

Histórico: Wilson é uma escritora americana e muçulmana, passou uma parte da sua vida vivendo no Egito, o que lhe inspirou a escrever a Graphic Novel Cairo, publicada pela Vertigo em 2007. Publicou também pela Vertigo a mensal Air, que abordava temas como religião, geopolítica, ficção e terrorismo, o material foi indicado ao Eisner. Fora dos quadrinhos ela estudou história, trabalhou como jornalista e publicou um livro contando sua experiência no Egito.

Pouca gente lembra, mas seu primeiro trabalho na Marvel foi em 2010, quando escreveu uma mini-série para a revista Mystic, na tentativa da Disney de ressuscitar a linha editorial CrossGen. Mas a autora só passou a trabalhar de fato com os heróis da editora em 2013, quando surgiu com a mensal da Miss Marvel, jovem heroína muçulmana que conquistou a todos e em pouco tempo se tornou um ícone.

Brandon Montclare

HQs atuais: Moon Girl and Devil Dinosaur.

Histórico: Montclare, junto à desenhista Amy Reeder, produziu a Rocket Girl, material autoral de ficção científica publicado pela Image. Trabalhou por um bom tempo como editor da Vertigo e da DC, supervisionando projetos importantes como Grandes Astros: Superman, Hellblazer e Sweet Tooth, por exemplo.

Na Marvel, contribuiu com histórias menores em sagas como Guerra dos Caos e Essência do Medo, mas o sucesso chegou mesmo com Moon Girl and Devil Dinosaur, personagem que criou junto de Amy Reeder e Natacha Bustos. Para mais detalhes sobre esse trabalho, leia a nossa entrevista com Brandon Montclare.

Max Bemis

HQs atuais: Cavaleiro da Lua.

Histórico: Bemis é, antes de um escritor de quadrinhos, um músico. Ele é o vocalista e compositor da banda Say Anything e participa também do grupo musical Two Tongues. Sua carreira nos quadrinhos começou em 2013, com a revista Polarity, pela Boom! Studios, em uma história envolvendo um personagem bipolar.

Ainda em 2013 foi convidado pela Marvel para escrever algumas pequenas histórias para a mensal Vingadores + X-Men. Retornou em 2016 para produzir a mini O Pior X-Man de Todos, mostrando a dificuldade de um adolescente desajustado tentando ser um mutante no Universo Marvel. No início de 2017 assumiu a mensal do Matador de Idiotas, que apesar de ter sido cancelada prematuramente, foi muito elogiada. O autor atualmente escreve a HQ do Cavaleiro da Lua, explorando a insanidade a loucura de Marc Spector.

E esses são os nomes que vão sustentar a Marvel em 2018. É válido destacar que temos ainda escritores como Jason Aaron, Mark Waid, Peter David e Dan Slott, que vão apoiar a galera nova nesse crescimento, dando o suporte necessário.

Conforme falou Brian Michael Bendis recentemente em seu twitter: “Um fator que me deixou confortável em sair da Marvel foi que a editora está com uma das melhores levas de escritores que eu já vi. Estou tão animado para ver o que Matthew Rosenberg, Ed Brisson, Kelly Thompson, Donny Cates, Jason Aaron e outros farão a seguir”.

2018 será definitivamente um ano muito diferente para a Marvel, pois a novidade não está apenas nos escritores, o Editor-Chefe C.B. Cebulski também é novo na função e terá de se provar aos leitores. Agora é esperar e ver como será o 2018 da Casa das Ideias. E você, caro leitor, o que espera da Marvel em 2018? Fale conosco nos comentários!

Please follow and like us:
error

Espera aí meu jovem, já vai embora? Esperamos que você tenha gostado do conteúdo do site. Mas não esquece de nos seguir nas redes sociais abaixo para curtir mais material sobre a Marvel :D