Jamesons

– O maior site especializado em Marvel do Brasil

10 figuras paternas do Homem-Aranha espalhadas pelo Multiverso

Muito se fala sobre como o Tom Holland está sempre em busca de uma figura paterna no MCU. Mas você já parou pra pensar que essa é uma constante na vida do Teioso independente da sua versão? Pois é, nós vamos te mostrar como essa história se repete ao longo do Multiverso.

Mas antes de prosseguir é importante destacar que cada personagem possui a sua própria relação com o Peter. Alguns é uma dinâmica de pai e filho, outros são mais como tutores e alguns servem mais como mentores. Mas dá para considerar, de certo modo, todos como figuras paternas. Pessoas mais velhas, mais sábias e que estão ali para auxiliar e servir de porto seguro.

10 Figuras Paternas do Homem-Aranha

1 – Tio Ben (Terra 96283)

Vamos começar com a mais óbvia de todas: Tio Ben. Ainda na infância Peter perdeu seus pais e passou a morar com seus tios, Ben e May Parker, que lhe criaram. Boa parte dos seus valores e da sua formação moral partiu desse casal de idosos.

Foi Tio Ben inclusive quem falou a célebre frase “Com grande poderes também vem grandes responsabilidades“. Estamos pegando aqui a versão do Tio Ben do filme do Sam Raimi de 2002, mas a mesma coisa serve pra quase todos os Tio Bens do Multiverso.

2 – Richard Parker (Terra 616)

Aqui falamos do principal Universo Marvel das HQs. Tio Ben e Tia May criaram o Peter, mas antes disso a sua referência paterna era Richard Parker, o seu pai biológico.

Conhecemos muito pouco da história dele com Peter, mas tanto seu pai quanto sua mãe, Mary, o amavam muito. Eles eram agentes secretos e acabaram sendo mortos em uma missão. Richard pode não ter sido a principal referência paterna na vida de Peter, mas foi a primeira.

3 – Nick Fury (Terra 1610)

Pode parecer estranho para quem acompanha apenas os filmes, mas no Universo Ultimate das HQs, que inspirou MUITO os filmes, o líder da SHIELD tem um carinho especial pelo Homem-Aranha.

Fury sempre esteve preocupado com a segurança de Peter, que por sua vez aprendeu com o tempo que poderia contar com o Fury. Nessa realidade, Richard e Mary Parker eram cientistas que trabalhavam com Dr. Bruce Banner, Dr. Franklin Storm e Dr. Henry Pym, com supervisão de Nick Fury, realizando engenharia reversa no soro do super-soldado do Capitão América.

Inclusive, a participação de Nick em Homem-Aranha: Longe de Casa (que no final do filme se revelou um skrull, mas dane-se) foi um aceno para essas HQs.

Para ser bem sincero, esse Nick Fury sente-se um pouco culpado pelas mortes de Richard e Mary e por isso sempre ficou de olho no garoto. Após a morte do Homem-Aranha, Nick se disse culpado e revelou que o amava como um filho. Essa dinâmica também se repetiu um pouco na animação Ultimate Spider-Man.

4 – Dr. Octopus (Terra 1048)

Essa é para os gamers. O jogo do Homem-Aranha para PS4 fez um gigantesco sucesso e trouxe o Dr. Octopus como o principal vilão. Mas essa guinada criminosa só tem impacto devido a relação desenvolvida entre Otto Octavius e Peter Parker ao longo do jogo.

Octavius é um grande cientista. Peter é seu assistente e vê Otto como uma espécie de mentor. Muitos momentos do jogo se passam dentro do laboratório mostrando a amizade e cumplicidade dessa dupla.

Isso tudo apenas reforça o apelo dramático quando Octopus descobre uma doença degenerativa e acaba usando os membros cibernéticos em si mesmo, alterando drasticamente a sua personalidade e o transformando em um vilão.

5 – Max Modell (Terra 17628)

Max Modell é o cientista chefe que encabeça os Laboratórios Horizontes. Tanto na série animada do Aranha de 2017 quanto no Universo 616 das HQs, ele é uma espécie de mentor, amigo e porto seguro para o Peter.

Na animação, ele por muito tempo sabia que o Homem-Aranha e Peter Parker eram a mesmo pessoa. E nas revistas permitiu que Peter usasse sua empresa para construir abertamente apetrechos tecnológicos para o seu alter ego heroico.

Nos quadrinhos, quando Peter criou a Indústrias Parker e ficou milionário, os Laboratórios Horizonte foram absorvidos pela empresa Alchemax. Parker então contratou Modell e financiou a criação da Universidade Horizonte.

6 – Robbie Robertson (Terra 616)

Esse aqui talvez seja um dos mais questionáveis, mas acho válido adicionar na lista. Em praticamente todos os universos do Multiverso, enquanto Peter sofria nas mãos tiranas de John Jonah Jameson, Robbie Robertson era quem sempre estava lá para amenizar as coisas.

Robertson sempre foi um dos poucos homens da mídia a não engolir o engodo de que o Homem-Aranha é um criminoso. Dentro do Clarim Diário se tornou um mentor para Peter, sempre preocupado quando o garoto se metia em encrencas ou não parecia estar bem.

Inclusive, quando Gwen Stacy se mudou para a Inglaterra, foi Robertson quem enviou Peter para uma cobertura internacional para que ele tivesse a oportunidade de se encontrar com ela. Quando as Indústrias Parker vieram a falência e o Peter estava desempregado e precisando de uma nova ocupação, Robbie, agora Editor-Chefe do Clarim Diário, deu uma oportunidade para Parker como Editor de Ciências do periódico.

Nos últimos anos, Parker estreitou os seus lanços com Robbie também enquanto dividia o apartamento com Randy Robertson, seu filho.

7 – Capitão Stacy (Terra 616)

Peter e o pai de Gwen Stacy tiveram um relacionamento conturbado ao longo do tempo. George Stacy saiu da aposentadoria e voltou para a polícia e logo estudou profundamente o Homem-Aranha. Em paralelo, seu relacionamento com Peter era ótimo e ele inclusive o encorajou a seguir seu relacionamento com a Gwen.

Apesar de diversos conflitos iniciais, Homem-Aranha e George com o tempo foram criando um vinculo. Historicamente o Homem-Aranha sempre teve um contato na polícia. Quando um pedaço de concreto caiu em cima de Stacy, suas últimas palavras antes de morrer foram que ele sempre soube a sua identidade secreta e “Seja bom com ela, filho! Seja bom com ela. Ela o ama muito“.

Em todos os arcos dramáticos mais pesados da história do Aranha, onde ele se martiriza por pessoas importantes da sua vida que não conseguiu salvar como Homem-Aranha, o Capitão Stacy sempre está lá.

8 – Tony Stark (Terra 199999)

Depois do Tio Ben, o Homem de Ferro é o mais manjado da lista. No Universo Cinematográfico da Marvel, Peter teve na figura de Tony Stark um mentor que o introduziu ao mundo dos heróis. Acostumado a ficar ali na sua vizinhança, com a sua tecnologia simples criada em casa, o jovem passou a ter um uniforme de alta tecnologia e a participar de missões com os Mais Poderosos Heróis da Terra.

Stark lhe deu um empurrão na carreira heroica e algumas lições de moral. E assim se tornou para o grande público a grande figura paterna de Peter Parker nos cinemas.

9 – Curt Connors (Terra 120703)

No universo dos filmes da franquia O Espetacular Homem-Aranha, Kurt Connors era um cientista que trabalhava com Richard Parker, o pai de Peter. Eles estavam trabalhando na formula que viria a ser do Lagarto, mas tudo foi em vão quando Richard faleceu e Kurt não conseguiu avançar sozinho nos estudos.

Ele se sentiu culpado por deixar Peter órfão e não manter conato. Na adolescência, quando se apresentou para Curt como um jovem prodígio, Peter passou a trabalhar com Connors no seu laboratório. Parker inclusive ajudou a finalizar o estudo com anotações perdidas do seu pai. De forma semelhante, mas não tão bem desenvolvida, ao Dr. Octopus nos jogos de PS4, Connors se torna um mentor para Peter.

Apesar de entrar em surto quando se transforma em Lagarto, o vilão quando consegue recobrar a consciência sempre mostrou uma preocupação legítima com a segurança de Peter.

10 – Happy Hogan (Terra 199999)

Junto com o Homem de Ferro, Happy Hogan, o Chefe de Segurança (AKA faz tudo) do Stark, entrou na vida de Peter. Apesar de encherem tanto a bola de Tony, é o Happy quem mais aparece para auxiliar e conferir se tudo está ok com o garoto.

Inclusive, a relação deles ficou ainda mais próxima no MCU quando Hogan engatou um relacionamento com a Tia May (elemento que, como já mencionamos em outros texto aqui do site, vem direto das HQs).

E Happy seguiu dando suporte para Peter mesmo após a morte de Tony Stark na grande batalha contra Thanos. E conforme os trailers de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa mostram, ele seguirá muito presente na vida de Peter. Se me permitem uma opinião, Happy já é uma figura paterna muito mais importante para o Peter do que o Tony.

Mas e então, caro leitor, já havia percebido que Peter Parker possui tantas figuras paternas espalhadas pelo Multiverso? Qual é a sua favorita (depois do Tio Ben, claro). Deixe a sua opinião nos comentários.

error

Espera aí meu jovem, já vai embora? Esperamos que você tenha gostado do conteúdo do site. Mas não esquece de nos seguir nas redes sociais abaixo para curtir mais material sobre a Marvel :D