Jamesons

– O maior site especializado em Marvel do Brasil

Marvel anuncia a suspensão de 1/3 da sua linha de quadrinhos

A Marvel Comics anunciou hoje a suspensão de 1/3 da sua linha atual de HQs. A editora publica em média 80/90 histórias em quadrinhos todos os meses.

O mercado de quadrinhos nos Estados Unidos funciona da seguinte maneira:

Com três meses de antecedência é divulgado o catálogo de quadrinhos de todas as editoras. Até uma semana antes do lançamento da publicação, as lojas podem encomendar a quantidade de HQs que entendem que vão vender, ou que seus clientes solicitaram.

Normalmente essas encomendas são bastante céticas. Pois toda revista que não é vendida se torna um eventual prejuízo para a loja. Então na quarta-feira, ao longo do dia, os leitores visitam a comic-shop para comprar as suas HQs encomendadas. Importante destacar também que essas revistas mensais são vendidas apenas nas comic shops. Nenhum outro lugar tem permissão para vender essa mídia no formato físico e na data do seu lançamento.

Pois bem, atualmente os Estados Unidos são o epicentro do surto de coronavírus no mundo. Já são mais de 239 mil casos da doença no país e mais de 5 mil mortes. Apenas nas últimas 48h morreram cerca de 2 mil pessoas.

E Nova Iorque, onde ficam os escritórios da Marvel, é a região mais afetadas do país pela pandemia.

Então devido ao estado crítico que os EUA se encontram, a Diamond, a empresa responsável pela distribuição das revistas por todo o país, anunciou a suspensão das atividades. A decisão visa obedecer as orientações de quarentena.

Editoras como a Marvel e DC, que juntas comandam cerca de 80% do mercado americano de quadrinhos, não publicaram nenhuma revista impressa nessa semana. Foi a primeira quarta-feira em MUITO tempo que isso aconteceu.

As editoras também estão resistentes em publicar os títulos apenas no formato digital. Primeiro pois o lucro seria menor, por ter uma base de leitores não tão expressiva. E segundo pois isso poderia comprometer a situação dos lojistas, diminuindo no futuro as suas vendas.

Até o momento não se sabe o que será feito. E isso se deve pela incógnita de não se saber até quando a crise do coronavírus vai durar.

A Marvel Comics anunciou hoje que está pausando as atividades em maio e junho, diminuindo a sua linha de produção de quadrinhos em até 1/3. Com a decisão, entre maio e junho a editora deixará de publicar de 15 a 20% dos quadrinhos previamente agendados para estes meses.

A Marvel não esclareceu ainda quais serão esses títulos, porém estima-se que serão as revistas mais periféricas, com personagens secundários.

A mega elogiada franquia dos X-Men, os títulos do Homem-Aranha, Os Vingadores, Thor, Capitão América, Homem de Ferro, Capitã Marvel, Quarteto Fantástico, Guardiões da Galáxia, Venom, Demolidor e Deadpool, por exemplo, devem seguir sendo lançados.

A Marvel esclareceu também que todos os profissionais envolvidos em revistas já escritas, desenhadas, colorizadas, arte-finalizadas e editadas, receberão seus pagamentos normalmente, mesmo que as publicações em um primeiro momento não sejam lançadas.

Estima-se que com a decisão, cerca de 130 profissionais ficarão sem exercer as suas atividades, pelo menos pela Marvel Comics, entre maio e junho. Lembrando que a relação de trabalho das equipes criativas com as editoras costuma ser em sua grande maioria a de um freelancer.

Mas e você, caro leitor, quais HQs você acha que vão rodar nessa? Como o mercado de HQs vai lidar com essa crise do coronavírus? Deixe a sua opinião nos comentários.

Please follow and like us:
error

Espera aí meu jovem, já vai embora? Esperamos que você tenha gostado do conteúdo do site. Mas não esquece de nos seguir nas redes sociais abaixo para curtir mais material sobre a Marvel :D