Entenda como ficam os Impérios Kree e Skrull após a saga Empyre

Empyre nos mostrou o início de todo o conflito Kree e Skrull, que começou na verdade com a participação da também raça alienígena Cotati, composta por seres planta.

Os Skrulls construíram a Área Azul da Lua e botaram os Kree e Cotati numa competição para decidir quem seria a raça superior. Os Kree construíram uma cidadela e os Cotati um jardim.

Os Cotati acabaram saindo vitoriosos, porém os Kree acabaram matando tanto os Cotati quanto os Skrulls, roubando a tecnologia da espécie transmorfa e dando início assim a milhões de anos de guerra.

Os Cotati acabaram sendo mais fragilizados nesse embate, o que centrou o confronto entre os Kree e Skrulls. Porém Empyre inicia justamente pondo um fim nesse eterno confronto, com os Skrulls e Krees e unificando sob a liderança de Hulkling, herói dos Jovens Vingadores que é filho de uma princesa Skrull e do herói Capitão Marvel dos Kree. Isso o torna um híbrido das duas espécies e um tipo de messias que levará os dois povos à paz.

O grande argumento dessa união foi pelo fato dos Cotati, após tanto tempo, estarem se organizando para virar o jogo, foi por isso que Skrulls e Kree deixaram as rusgas milenares de lado.

Porém com o desenrolar de Empyre novas revelações foram surgindo. Os Cotati começaram a ficar realmente perigosos, invadindo a Terra e causando muita destruição. Eles pretendiam usar o vibranium de Wakanda para ter poder suficiente para confrontar os Kree e Skrulls. Na verdade o plano deles era, por serem plantas, eliminar toda a vida animal do Universo.

Vale mencionar inclusive um gigantesco confronto que eles tiveram com os X-Men em Genosha.

Como desgraça pouca é bobagem, descobrimos também que Hulkling foi substituído por R’klll, sua vó materna e antiga Imperadora Skrull, que acreditava-se estar morta. Ela passou anos infiltrada no Império Kree e manipulou tudo para que os dois impérios se unissem contra os Cotati.

Apesar de toda a confusão, no entanto, a saga termina com os Vingadores e Quarteto Fantástico impedindo que os Cotati eliminem toda a vida animal do Universo e o Hulkling original derrotando a sua avó.

O Império Kree/Skrull, mesmo com toda essa situação dos Cotati, se mantém, com Hulkling os comandado e tendo como seu braço direito o seu esposo Wiccano. Apesar da imagem abaixo sugerir, no entanto, não está claro se a Capitã Marvel seguirá atuando como Acusadora.

Mas e então, caro leitor, o que achou dessa grande saga cósmica da Marvel? Fazia tempo que a editora não investia em uma trama tão grande envolvendo as espécies cósmicas. Deixe suas opiniões nos comentários.

Apesar de Empyre se encerrar com essa edição de número 6, nas próximas semanas serão publicadas duas edições especiais. A primeira repercutindo o casamento entre Hulkling e Wiccano que foi revelado no decorrer da história. E a segunda explorando as consequências da saga para o Quarteto Fantástico.

Empyre contou com roteiro de Dan Slott (Quarteto Fantástico) e Al Ewing (Imortal Hulk), arte de Valerio Schiti (Guardiões da Galáxia) e cores de Marte Gracia (Dinastia X).

Please follow and like us:
error

Espera aí meu jovem, já vai embora? Esperamos que você tenha gostado do conteúdo do site. Mas não esquece de nos seguir nas redes sociais abaixo para curtir mais material sobre a Marvel :D