Disney anuncia a aquisição da 20th Century Fox

Após semanas e semanas de intensos rumores, finalmente foi anunciado oficialmente: A Disney adquiriu a 20th Century Fox. O acordo estabelece que a “Casa do Mickey” agora é a detentora de todos os estúdios de produção de filmes e séries, além das redes de entretenimento a cabo da Fox (FX Network e National Geographic, por exemplo), canais internacionais de televisão e 30% das ações da empresa de Streaming Hulu (o que torna a Disney a sua acionista majoritária).

Ficou de fora do acordo, por questões jurídicas de monopólio, as empresas de cunho jornalístico da Fox, como a Fox News, por exemplo.

Muito se falou essa semana que os direitos cinematográficos do Quarteto Fantástico não seriam de posse da Fox e, portanto, em uma eventual compra por parte da Disney, não iriam junto. A informação não procede. No anuncio oficial feito pela empresa, os direitos envolvendo personagens da Marvel ganharam destaque:

O acordo oferece a oportunidade para a Disney reunir X-Men, Quarteto Fantástico e Deadpool com o resto da Família Marvel, sob um mesmo teto, para criar mundos e personagens muito mais complexos e histórias conectadas que o público adora“.

A menção a propriedade intelectual da Marvel demonstra que de fato os personagens foram pilares importantes nessa aquisição e que existe um claro desejo da empresa em usar as equipes e os heróis o quanto antes no MCU.

O negócio está estimado na casa dos U$ 66 bilhões e a Disney agora é a dona não apenas do Quarteto Fantástico, X-Men e Deadpool, mas também dos Simpsons, franquia de filmes Avatar do James Cameron, da franquia Planeta dos Macacos e muito mais.

A aquisição da Fox faz parte de uma série de outros negócios realizados pela Disney em um passado não tão distante. A empresa comprou em 2006 a Pixar, em 2009 a Marvel, em 2012 a Lucasfilm e agora a Fox. Nos últimos anos muito se falou sobre o interesse em comprar também a Netflix, só que o negócio acabou não tendo seguimento. A Disney então anunciou que em 2019 lançará o seu próprio serviço Streaming nos Estados Unidos. Com o catálogo de todos esses estúdios reunido, a Netflix terá um concorrente de peso no mercado.

Estaremos atualizando o site com qualquer nova informação referente as propriedades intelectuais da Marvel que estavam na Fox, caso Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, se manifeste.

Confira também essas novidades