Tudo o que você precisa saber sobre Fresh Start

No final de janeiro a Marvel anunciou oficialmente o seu tão esperado relaunch. Quem já estava acompanhando regularmente as histórias da editora, sabia que Marvel Legacy não era nada além do que uma extensão, mais precisamente a parte final, da Totalmente Nova e Diferente Marvel.

Entenda o que é Fresh Start

A proposta desse novo período, oficialmente, é gerar novos inícios, ou como diz o próprio nome da iniciativa, um “Início Fresco” para os novos leitores. A ideia é gerar um período confortável para quem nunca leu uma HQ de heróis na vida, pra quem havia abandonado o hobby e para quem já estava acompanhando regularmente as histórias.

Mas a primeira coisa é entender o motivo dessa mudança na editora. O nosso colaborador Gabriel Mota conversou pessoalmente com o lojistas James Sine, dono da Isotope Comics, em São Francisco, um profissional que respira quadrinhos praticamente 24h por dia e que deu seu parecer sobre a situação da editora e as novidades que estão por vir.

Os últimos anos foram difíceis… foram complicados pra Marvel, principalmente porque a divulgação foi muito, muito ruim.

A Marvel tem esse monte de títulos incríveis, mágicos, mas todos são títulos que ninguém lê. Coisas como Visão, Harpia, Viúva Negra, Supremos… ninguém lê essas revistas, mas elas são umas das melhores coisas que a Marvel fez nos últimos cinco anos. São incríveis. Mas, também como Raio Negro e Karnak, são títulos que ninguém quer ler. Todo mundo quer ler Vingadores e X-Men. E essas aí não têm tido muita qualidade nos últimos tempos. E a Marvel não diz para os leitores lerem essas HQs boas, como Harpia.

Além de não promoverem as boas revistas, eles também têm esse problema de substituir todos os seus personagens de forma muito rápida nos últimos anos. Não acho que seja uma coisa ruim, eles estão animados com um novo público, mas eles não foram bem… respeitosos com o público antigo. Então vacilaram com os fãs antigos.“, analisa Sine.

E nesse cenário de tentar unir o público novo com os leitores antigos, surge a iniciativa Fresh Start, a qual o lojista atribui grande parte ao novo Editor-Chefe da Marvel, CB Cebulski. “Acho que o novo Editor-Chefe da Marvel, que tá por aí há muito tempo, conheço ele bem, é uma escolha muito boa pra levar a editora. Porque ele pensa longe e é interessado num novo público, mas ele também é da velha-guarda e se importa com coisas como os fãs de Tony Stark sabendo que há um Tony Stark, me entende? Ele vai ser o cara que vai trazer todo esse pessoal desaparecido de volta aos holofotes.

Os lançamentos de Fresh Start

Até o momento a Marvel anunciou 19 revistas que fazem parte da iniciativa Fresh Start. Esse número, possivelmente, não é nem metade do total de publicações que a linha terá. Novidades são esperadas para as próximas semanas. Mas confira o que já sabemos:

1. X-Men Red

Roteiro de Tom Taylor (Novíssima Wolverine) e arte de Mahmud Asrar (Vingadores).

A revista é o grande marco do retorno de Jean Grey, após cerca de 15 anos morta. O argumento da HQ é a mutante reunindo uma equipe para colocar em prática o seu plano para preservar a coexistência pacífica com os humanos, após intensos e anormais ondas de intolerância pelo mundo.

2. Dominó

Roteiro de Gail Simone (Deadpool) e arte de David Baldeon (Nova).

Sabe-se muito pouco ainda sobre a revista. Apenas que é o retorno da escritora Gail Simone para a Marvel após muitos anos longe da Casa das Ideias.

3. Exilados

Roteiro de Saladin Ahmed (Raio Negro) e arte de Javier Rodriguez (Mulher-Aranha).

A revista vai misturar uma leva interessante de personagens: Nick Fury (o original), Blink (da Era do Apocalipse), Baby Wolverine (dos X-Babys), Khan (versão futura da Miss Marvel), o Rapaz de Ferro e a Valquíria (uma versão semelhante a do filme Thor: Ragnarok). O grupo terá de viajar entre as realidades alternativas para evitar o fim do multiverso.

4. Vingadores

Roteiro de Jason Aaron (Thor) e arte de Ed McGuinness (Hulk).

A HQ vai dar prosseguimento ao argumento que já havia sido iniciado no especial Marvel Legacy, quando é descoberto um Celestial enterrado na Terra. A formação contará com Capitão América, Thor, Homem de Ferro, Pantera Negra, Mulher-Hulk, Capitã Marvel, Motorista Fantasma e Dr. Estranho.

5. Venom

Roteiro de Donny Cates (Dr. Estranho) e arte de Ryan Stegman (Homem-Aranha).

Algo atingiu a SHIELD, que deixou cair sob as ruas de NY algo maligno que exigirá a atenção de Venom. O simbionte seguirá como o Protetor Letal da cidade, amedrontando a todos, os inocentes e malfeitores.

6. Pantera Negra

Roteiro de Ta-Nehisi Coates (Pantera Negra) e arte de Daniel Acuña (Capitão América).

O escritor dará continuidade na trama que já estava desenvolvendo no volume anterior do Rei de Wakanda. Porém, agora ele apresentará aos leitor o Império Intergalático de Wakanda. O mundo de T’Challa está para ficar ainda maior e mais complexo do que já é.

7. Mercúrio

Roteiro de Saladin Ahmed (Raio Negro) e arte de Eric Nguyen (Velho Logan).

Essa será uma minissérie, consequência direta de Avengers: No Surrender, história que está sendo publicada atualmente e que engloba todas as revistas dos Vingadores. Na trama, Pietro estará preso, sozinho, em uma realidade alternativa congelada e sendo perseguido por um misterioso alienígena.

8. Thor

Roteiro de Jason Aaron (Thor) e arte de Mike Del Mundo (Vingadores).

Após a aclamada fase da Poderosa do Trovão, Jason Aaron dá continuidade ao seu run trazendo de volta Odinson ao protagonismo. Veremos o Deus do Trovão procurando em Midgard alguns dos objetos asgardianos que se perderam de Asgard após a passagem de Mangog pelo local.

9. Homem-Múltiplo

Roteiro de Matthew Rosenberg (Guerreiros Secretos) e arte de Andy MacDonald (Liga da Justiça da América).

O Homem-Múltiplo morreu na minissérie Morte do X, como vítima da Névoa Terrígena. Mas se ele morreu, como está vivo? Rosenberg resumiu o argumento da HQ: “Se eu fosse mais esperto, provavelmente escreveria algumas bobagens sobre como o plot fala da dualidade do homem e os arquétipos junguianos que existem dentro de nós, como eles geralmente são oposicionistas e como as idéias de quem nós somos existiram antes e continuará a existir além de nós”.

10. Motoqueiro Fantasma Cósmico

Roteiro de Donny Cates (Dr. Estranho) e arte de Dylan Burnett.

O Motoqueiro Fantasma Cósmico é uma versão futura e alternativa de Frank Castle, o Justiceiro, criada por Donny Cates nas páginas de Thanos. O personagem se destacou tanto que ganhará uma minissérie, explicando melhor como o anti-herói favorito acabou virando um Espírito da Vingança Cósmico.

11. O Imortal Hulk

Roteiro de Al Ewing (Supremos) e arte de Joe Bennet (Supremos).

Bruce Banner, o Hulk original, morreu durante Guerra Civil II. Ele está retornando nas páginas de Avengers: No Surrender e terá uma nova revista mensal. A proposta é desenvolver uma HQ com um viés de terror e com drama psicológico, ao mesmo tempo em que resgata elementos clássicos da dinâmica do Médico e o Monstro.

12. Capitão América

Roteiro de Ta-Nehisi Coates (Pantera Negra) e arte de Leinil Francis Yu (Vingadores).

Coates é filho de um membro do movimento dos Panteras Negras e tem posições bastante firmes sobre questões sociais envolvendo a comunidade negra. Também é jornalista e correspondente na África do Sul e deve usar tudo isso para construir o argumento do seu Capitão América.

13. Homem-Formiga & Vespa

Roteiro de Mark Waid (Demolidor) e arte de Javier Garrón (Guerreiros Secretos).

A premissa dessa minissérie é bastante simples: o Homem-Formiga ficou preso no Microverso e precisa da ajuda da Vespa para sair de lá. O destaque fica pelo fato do roteirista, Mark Waid, querer usar a revista para criar e estabelecer conceitos e regras sobre o Microverso, para uso posterior da editora.

14. O Espetacular Homem-Aranha

Roteiro de Nick Spencer (Capitão América) e arte de Ryan Ottley (Invencível).

Nick Spence recentemente alcançou os holofotes com a sua passagem polêmica, mas muito elogiada por quem leu, em Capitão América, onde criou o “Capitão Hidra”. Mas antes disso ele já havia sido indicado ao Prêmio Eisner por “Superiores Inimigos do Homem-Aranha“, revista que certamente o credenciou para a vaga de Dan Slott. Já Ottley, estava trabalhando por cerca de 150 edições em Invencível, na Image, junto com Robertk Kirkman (The Walking Dead).

15. A vida da Capitã Marvel.

Roteiro de Margareth Stohl (Capitã Marvel) e arte de Carlos Pacheco (Cable).

A Capitã Marvel foi alçada a cargos muito importantes do Universo Marvel nos últimos anos, precisando tomar muitas decisões difíceis e não caindo nas graças dos leitores. A premissa com essa minissérie é mostrar o passado e recontar a sua origem sob uma nova perspectiva.

16. Dr. Estranho

Roteiro de Mark Waid (Demolidor) e arte de Jesus Saiz (Capitão América).

Stephen Strange está perdendo a sua conexão com a magia arcana terrestre. E como as catástrofes não param de aparecer, ele não pode ficar parado sentado esperando tudo normalizar. A solução que o Mago Supremo da Terra encontra é viajar pelo espaço, em busca de outras fontes de magia.

17. Tony Stark: Homem de Ferro

Roteiro de Dan Slott (Homem-Aranha) e arte de Valerio Schiti (Guardiões da Galáxia).

Após cerca de 10 anos no Homem-Aranha, Slott finalmente assume seu novo papel no Universo Marvel. A sua proposta com Tony Stark é mostrar como ele construiu com mérito próprio tudo o que ele conquistou. Ele não é um asgardiano, super-soldado ou alguém que recebeu poderes, ele construiu a sua armadura com as próprias mãos. O autor também disse que pretende escrever algo entre Rick and Morty e Black Mirror.

18. Sentinela

Roteiro de Jeff Lemire (Cavaleiro da Lua) e arte de Kim Jacinto (Vingadores).

Sentinela é um herói com um nível de poder comparável ao do Superman, o problema é que ele é agorafóbico (medo mórbido de se achar sozinho em grandes espaços abertos ou de atravessar lugares públicos) e esquizofrênico (distúrbio que afeta a capacidade da pessoa de pensar, sentir e se comportar com clareza). Jeff Lemire pretende aproveitar todas essas questões psicológicas para criar uma trama que esteja de acordo com isso.

19. Deadpool

Roteiro de Skottie Young (Rocket Raccoon) e arte de Nic Klein (Thor).

Skottie aparentemente possui uma facilidade para escrever situações bizarras que envolvam humor, agressões, mutilações e muito sangue. Essa combinação acabou sendo perfeita para um personagem como o Deadpool.

20. X-23

Roteiro de Mariko Tamaki (Mulher-Hulk) e arte Juann Cabal (Elektra).

Após anos de evolução, assumindo o manto de Wolverine, Laura voltará a atender pelo título de X-23. Ela novamente terá de lidar com situações do seu passado e encarar tudo isso de frente. A nova escritora promete, no entanto, manter a Honey Badger e o Jonathan como coadjuvantes fixos na HQ.

21. Wakanda Forever

Roteiro de Nnedi Okorafor (Pantera Negra: Vida Longa ao Rei) e arte de vários artistas.

Essa HQ será composta por três one-shots (revistas curtas com início, meio e fim). No centro da trama teremos as Dora Milaje, que se popularizaram com o filme do Pantera Negra. Em cada uma das HQs as guerreiras vão interagir com um herói/grupo diferente: Homem-Aranha, X-Men e Vingadores.

22. Guerras Infinitas

Roteiro de Gerry Duggan (Guardiões da Galáxia) e arte de Mike Deodato Jr. (Velho Logan).

A bem da verdade é que Gerry Duggan, apesar de escrever histórias fantásticas com os Guardiões da Galáxia, amargurou vendas bastante pífias. Para alavancar os números, a Marvel cancelou a mensal da equipe e transformou a história em uma pequena saga, que foi Infinity Countdown. Porém, como as coisas estão prestes a ficar mais complicadas, a Marvel lançará as Guerras Infinitas, que também substituiu a revista dos Guardiões, só que funciona em um escopo ainda maior e envolverá diversos personagens do Universo Marvel, em uma saga de fato.

23. Cristal

Roteiro de Magdalene Visaggio (Kim and Kim)e arte de Laura Braga (Homem de Ferro Superior).

A revista é uma one-shot, no caso, uma única edição. Originalmente estava planejada para sair durante a iniciativa Marvel Legacy, mas acabou saindo apenas agora durante Fresh Start. A HQ mostra a vida de shows da mutante superstar Cristal e também traz uma carga de discussão social, desenvolvendo o preconceito entre mutantes e inumanos.

24. A Morte dos Inumanos

Roteiro de Donny Cates (Thanos) e arte de Ariel Olivetti (Cable).

A revista é uma minissérie focada nos Inumanos. O plot ainda é bastante misterioso, mas tendo em vista os trabalhos ousados que o autor Cates teve recentemente na Marvel, é de se acreditar que a Morte, mencionada no título, realmente ocorra e não fique apenas como figura de linguagem. Pode ser o fim da linha para os Inumanos mesmo.

25. Surpreendentes X-Men

Roteiro de Matthew Rosenberg (Novos Mutantes) e arte de Greg Land (Fabulosos X-Men).

Essa não será uma HQ nova, mas um novo início de uma revista já existente. Ouvindo o apelo dos fãs, que não aguentam mais números 1 nas bancas, o run de Matthew Rosenberg começará na edição 13 de Surpreendentes X-Men. Até a edição 12, o roteirista da HQ era Charles Soule, que contou a sua história envolvendo o Rei das Sombras. A partir de então entra Matt, que contará a sua própria história, com um novo elenco em suas mãos. A equipe será: Fera, Destrutor, Cristal, Colossus e Apache.

26. Justiceiro

Roteiro de Matthew Rosenberg (Novos Mutantes) e arte de Riccardo Burchielli (DMZ).

Após um período mais fantasioso, usando a armadura do Máquina de Combate, Frank Castle terá novas aventuras com o pé mais no chão. Uma volta ao básico. Porém, o roteiro continuará nas mãos de Rosenberg, que tem se mostrado um dos escritores mais versáteis do mercado.

27. Vingadores da Costa-Oeste

Roteiro de Kelly Thomspon (Gaviã Arqueira) e arte de Stefano Caselli (Homem de Ferro).

Essa HQ dos Vingadores da Costa-Oeste nada mais é do que uma continuação da finada mensal da Gaviã-Arqueira, que tinha baixas vendas, mas foi indicada ao Eisner esse ano. A revista contará também com personagens como America, Quentin Quire e o Gavião Arqueiro.

28. Campeões

Roteiro de Jim Zub (Thunderbolts) e arte de Sean Izaakse (Thunderbolts).

Assim como Surpreendentes X-Men, os Campeões também tiveram uma mudança criativa e de direcionamento, mas não foram relançados. A equipe segue com a sua agenda social, de utilizar métodos que os Vingadores normalmente não usam. As mudanças na formação são a ausência de Ciclope e as adições de Vespa, Coração de Ferro e uma nova personagem chamada Snowguard.

29. O Retorno de Wolverine

Roteiro de Charles Soule (Demolidor) e arte de Steve McNiven (Guerra Civil).

Essa promete ser a terceira e última parte de uma trilogia de minisséries que Soule está lançando com o personagem. A primeira foi A Morte do Wolverine, a segunda A Busca por Wolverine e agora O Retorno de Wolverine. Após a conclusão das 5 edições dessa história, deveremos ter o retorno em definitivo do carcaju.

30. Manto & Adaga

Roteiro de Dennis Hopeless (Mulher-Aranha) e arte de David Messina (Ultimate Wolverine).

Aproveitando que a série de TV dos personagens estreou, a Marvel começou a lançar exclusivamente no formato digital uma minissérie focada em Manto & Adaga. Na história, a dupla está com o relacionamento abalado e o roteirista pretende apresentar as diferentes perspectivas que cada personagem tem sobre a situação.

31. Asgardianos da Galáxia

Roteiro de Cullen Bunn (X-Men Blue) e arte de Matteo Lolli (Deadpool).

Em algum momento, entre Infinity Countdown e Guerras Infinitas, os Guardiões da Galáxia como conhecemos deixarão de existir. Isso deixará vaga a missão de prezar pela galáxia. É nesse momento que a seguinte equipe se reunirá: Angela (meia-irmã de Thor), a ValquíriaSkurge (o Executor), Throg (o eterno Thor Sapo), Kevin Masterson (filho do Trovejante original) e o Destruidor (quem está usando a armadura é um mistério).

32. Quarteto Fantástico

Roteiro de Dan Slott (Homem-Aranha) e arte de Sara Pichelli (Homem-Aranha).

Após cerca de 4 anos sem uma revista mensal própria, a primeira super-equipe da Marvel finalmente está de volta. Os eventos que ocasionarão o retorno de Reed, Sue e a Fundação Futuro, bem como o estado físico e emocional que os personagens estarão, ainda é um mistério.

33. Fabulosos X-Men

Roteiro de Ed Brison (Velho Logan), Kelly Thompson (Vingadores da Costa-Oeste) e Matthew Rosenberg (Surpreendentes X-Men) e arte de Mahmud Asrar (X-Men Red), RB Silva (X-Men Blue), Yildiray Cinar (Arma X) e Pere Perez (X-Men Gold).

Após alguns anos sem ser publicada, período na qual foi substituída por X-Men Gold e Blue, o título Fabulosos X-Men finalmente retornou. Com três dos principais roteiristas da Marvel comandando a HQ, a revista promete ser o centro dos principais eventos da franquia mutante.

34. Filhas do Dragão

Roteiro de Jed MacKay (Aranhaverso) e arte de Travel Foreman (Supremos).

Essa revista será publicada direto no formato digital, na iniciativa Marvel Digital Originals (MDO), que se destaca por contar com HQs com 40 páginas por edição. Na publicação, após alguns longos anos, veremos Misty Knigth e Colleen Wing finalmente atuando juntas em uma revista mensal própria.

35. Luke Cage

Roteiro de Anthony Del Col (Son of Hitler) e arte de Jahnoy Lindsay (Mulher-Hulk).

Mais uma HQ na iniciativa MDO. A sinopse dessa revista é bastante inusitada: uma onde de calor tomou Harlem e a comunidade mais afortunada está morrendo devido a doenças misteriosas. Luke, como um símbolo do local, terá de descobrir o que está acontecendo e dar um fim nisso.

36. Punho de Ferro: Membro Fantasma

Roteiro de Clay McLeod Chapman (Aranhaverso) e arte de Guillermo Sanna (Mercenário).

Apesar do título dar a entender que é uma minissérie, não ficou clara a periodicidade dessa HQ. Ela também faz parte da iniciativa MDO e mostrará Danny Rand enfrentando ameaças paranormais que estão atacando cartomantes e leitores de palma da mão.

37. Jessica Jones

Roteiro de Kelly Thompson (Gaviã-Arqueira) e a arte de Mattia de Lulis (Doctor Who).

Após a saída do lendário escritor Brian Michael Bendis da Marvel, o criador da Jessica Jones escolheu Kelly Thompson para seguir contando as aventuras da investigadora particular. E logo de cara ela terá de passar a ser a investigada, ao invés de investigadora, pois uma cliente apareceu morta em seu escritório. A HQ também faz parte da iniciativa MDO.

38. Homem-Aranha Superior

Roteiro de Christos Gage (Superior Homem-Aranha) e arte de Mike Hawthorne (Deadpool).

Otto Octavius voltou a protagonizar uma revista como Homem-Aranha. Após os eventos da saga Conspiração do Clone, Octavius acabou ocupando o corpo de um clone perfeito de Peter Parker. Na HQ, ele segue as suas aventuras como um herói com um ar de anti-herói, atuando agora em São Francisco.

39. Aranha-Fantasma

Roteiro de Seanan McGuire (Velveteen) e arte de Rosi Kampe (Genius).

Antes com uma revista chamada Gwen-Aranha, a heroína passará a se chamar Aranha-Fantasma, pois busca se manter na surdina e sem chamar muita atenção. A revista terá relação com a saga de nicho Spider-Geddon.

40. Spider-Geddon

Roteiro de Christos Gage (Superior Homem-Aranha) e arte de Jorge Molina (X-Men Blue).

A história é uma continuação da saga Aranhaverso, publicada em 2014. Veremos novamente diversas versões alternativas do Homem-Atanha, do Multiverso inteiro, enfrentando algo realmente grandioso. A trama como um todo ainda está sendo mantida em segredo.

41. Shuri

Roteiro de Nnedi Okorafor (Pantera Negra: Vida Longa ao Rei) e a arte de Leonardo Romero (Gaviã-Arqueira).

A Shuri dos cinemas é consideravelmente diferente da versão que já conhecemos das histórias em quadrinhos. A proposta da Marvel com essa revista mensal é dar mais destaque para facetas ainda não explorada da Shuri nas HQs. Como, por exemplo, o seu avançado intelecto.

42. Extermination

Roteiro de Ed Brisson (Velho Logan) e arte de Pepe Larraz (Vingadores).

Os X-Men originais do passado, que encontram-se no presente, serão os responsáveis por de alguma forma causar o extermínio da espécie mutante. Se eles voltarão, como voltarão e quais os impactos disso tudo no futuro, precisaremos ler a história para compreender.

43. Venom: O Primeiro Hospedeiro

Roteiro de Mike Costa (Venom) earte de Mark Bagley (Vingadores).

Donny Cates, na HQ do Venom, está unificando e explicando a conturbada origem do simbionte Venom, bem como da sua espécie. Nessa minissérie veremos mais sobre o Venom antes dele se encontrar com o Homem-Aranha.

44. Pantera Negra vs Deadpool

Roteiro de Daniel Kibblesmith (Dentinho) e arte de Ricardo Lopez Ortiz (Rei do Crime).

Essa será uma minissérie descompromissada e com um plot bastante intrigante. Dois dos maiores fenômenos cinematográficos dos filmes de heróis entrarão em rota de colisão. Como será o encontro do sisudo e sério T’Challa com o debochado Wade Wilson?

45. Shatterstar

Roteiro de Tim Seeley (Asa Noturna) e arte de Carlos Villa (Dentinho).

A série é meio que John Wick, com uma pitada de Um contrato com Deus, de Will Eisner, e infundida com muitos mitos interdimensionais dos X-Men“, assim Tim Seeley definiu a minissérie.

46. Distorções Infinitas

Roteiro e arte de diversos artistas distintos.

Como consequência de Guerras Infinitas, um evento que ainda é mantido em segredo causará algumas fusões entre os heróis da Marvel. Sendo assim, os seguintes personagens receberão minisséries de duas edições: Cavaleiro Aranha (Cavaleiro da Lua + Homem-Aranha), Martelo de Ferro (Thor + Homem de Ferro), Pantera Fantasma (Pantera Negra + Motoqueiro Fantasma), Arma Encantada (X-23 + Feiticeira Escarlate) e Soldado Supremo (Capitão América + Dr. Estranho).

47. Sr. e Sra. X

Roteiro de Kelly Thompson (Vampira & Gambit) e arte de Oscar Bazaldua (Homem-Aranha).

O prometido casamento entre Kitty Pryde e Colossus não se confirmou, mas a festa foi reaproveitada por Vampira e Gambit, que se casaram de surpresa. A revista mensal mostrará as novas aventuras do casal, iniciando pela Lua de Mel pelo Império Shiar.

48. Homem de Gelo

Roteiro de Sina Grace (Homem de Gelo) e arte de Nathan Stockman (X-Men Blue).

A revista do Homem de Gelo na fase All-New All Different Marvel, apesar de muito elogiada, foi precocemente encerrada. A Marvel trouxe o mutante de volta, com o mesmo escritor, para uma minissérie de seis edições. A promessa é de explorar o relacionamento de Bobby com Emma Frost e também colocá-lo no meio de um eminente massacre dos Morlocks.

49. A Imparável Vespa

Roteiro de Jeremy Whitley (Vespa) e a arte de Gurihiru (Gwenpool).

Seguinte o exemplo do Homem de Gelo, a Vespa também foi uma HQ bastante elogiada e que foi precocemente cancelada. Ela está retornando agora, com uma nova revista mensal, que promete explorar o lado cientista da filha de Hank Pym.

50. O que aconteceria se …

Roteiro e arte de diversos artistas distintos.

A Marvel anunciou recentemente que a linha O que aconteceria se … vai retornar no final de 2018. E se Peter Parker acabasse se tornando o Justiceiro? E se Thor fosse criado por Gigantes de Gelo? E se os mutantes vivessem em um mundo dominado por tecnologia? E se a Magia não tivesse tido uma infância tão conturbada? Esses são apenas algumas das histórias que veremos no retorno deste selo.

51. X-Men Black

Roteiro e arte de diversos artistas distintos.

X-Men Black será uma série de one-shots focadas em vilões dos X-Men. Os protagonistas serão: Magneto, Mística, Emma Frost, Mojo e Fanático. Cada um ganhará a sua própria edição especial. O destaque será a do Magneto, que contará com roteiro do lendário escritor Chris Claremont.

52. Surfista Prateado

Roteiro de Ethan Sacks (Velho Gavião Arqueiro) e arte de André Lima Araújo (Vingadores IA).

Essa HQ será uma única edição especial, no formato anual, que contará mais detalhes sobre o passado sombrio do mais famoso arauto de Galactus. Veremos Norrin Radd encontrando o planeta perfeito para saciar a fome do Devorador de Mundos. Mas será que ele está disposto a carregar esse fardo?

53. Ve’Nam

Roteiro de Donny Cates (Venom) e arte de Juanan Ramirez (Fabulosos Vingadores).

A HQ será um especial que explorará um retcon que o roteirista Donny Cates criou na sua primeira edição do Venom. Na ocasião, foi revelado que Nick Fury tinha seu próprio esquadrão de soldados usando simbiontes durante a Guerra do Vietnã. Essa one-shot nos explicará melhor como funciona e quem era esse esquadrão.

54.  Vingadores Especial de Halloween

Roteiro e arte de diversos artistas distintos.

Essa HQ será uma antologia especial, focada em histórias de terror. Ao todo, cinco contos assustadores, cada um com a sua própria equipe criativa. O destaque é que a Marvel contratou roteiristas e produtores de filmes de terror para contar essas histórias.


55. Jornada ao Mistério: o nascimento de Krakoa

Roteiro de Dennis Hopeless (Vingadores Arena) e arte de Djibril Morissette-Phan (Novíssima Wolverine).

Essa também será uma one-shot especial e nela seremos apresentados a um Nick Fury bem antes dele se tornar o agente espião todo poderoso do Universo Marvel. Veremos como Fury e seu Comando Selvagem se relacionam com a origem atômica de Krakoa, no período da Guerra da Coreia.

56. Guardiões da Galáxia

Roteiro de Donny Cates (Venom) e arte de Geoff Shaw (Thanos).

Cates é um dos principais nomes do mercado e agora assumirá a sua primeira revista de equipe na editora. Será um desafio enorme. A formação dos seus Guardiões é mantida em segredo, nem todos os personagens que aparecem na capa já divulgada estarão no grupo.

57. Defensores

Roteiro de Al Ewing (Imortal Hulk), Chip Zdarsky (Invasores), Gerry Duggan (Deadpool) e Jason Latour (Gwen-Aranha) e arte de Simone Di Meo (Velho Logan), Carlos Magno (Thunderbolts), Greg Smallwood (Cavaleiro da Lua), Jason Latour (Gwen-Aranha) e Joe Bennett (Imortal Hulk).

Essa HQ foi uma série de one-shots focadas primeiro em cada um dos membros: Surfista Prateado, Dr. Estranho, Namor e Hulk. Na sequência, uma edição especial focada na equipe e juntando toda a trama deu fim a história. Uma trama bastante elogiada, autocontida e que homenageou Steve Ditko.

58. Riri Williams: Coração de Ferro

Roteiro de Eve Ewing (Coração de Ferro) e arte de Kevin Libranda (Campeões) e Luciano Vecchio (Batman & Robin Adventures).

Riri Williams está se desvinculando da sombra do Homem de Ferro. Ela criou uma armadura completamente personalizada e está junto dos Campeões. A escritora Eve Ewing cresceu em Chicago, que nem a heroína e promete colocar muito da sua vivência urbana na revista.

59. Marvel Knights

Roteiro de Donny Cates (Venom), Matthew Rosenberg (Surpreendentes X-Men), Tiny Howard (Capitão América) e Vita Ayala (Batman do Futuro) e arte de Travel Foreman (Supremos), Niko Henrichon (Dr. Estranho), Damian Couceiro (Punho de Ferro), Joshua Cassara (Falcão) e Kim Jacinto (Sentinela).

A revista é uma celebração dos 20 anos do lançamento da linha Marvel Knigths pela Casa das Ideias. Donny Cates encabeça a ideia e trouxe uma série de artistas convidados para lhe ajudar a conta a história. A trama mostra um mundo onde os heróis e vilões não se lembram das suas identidades super-heroicas. Os protagonistas da HQ são os mesmo que se destacaram nos primórdios da MK original.

60. Ordem Negra

Roteiro de Derek Landy (Skulduggery Pleasant) e arte de Philip Tan (Homem de Ferro).

Saindo direto das páginas de Avengers: No Surrender, ORDEM PRETA coloca os cinco integrantes em uma aventura sangrenta, brutal e arrepiante que os colocará contra as forças de todo um Império Galáctico – e onde eles encontrarão alguns rostos familiares da Marvel, bem como alguns rostos novos e malucos ao longo do caminho!”.

61. Dead Man Logan

Roteiro de Ed Brison (Velho Logan) e arte de Mike Henderson (Deadpool vs Velho Logan).

A revista promete ser o capítulo final do Velho Logan no presente do Universo Marvel. Há, inclusive, a possibilidade de que os eventos dessa mini sejam um prelúdio para a história do Velho Logan original. Ficou curioso, leia mais aqui.

62. Killmonger

Roteiro de Bryan Edward Hill (Detective Comics) e arte de Juan Ferreyra (Fabulosos Vingadores).

A revista é uma minissérie em cinco edições que focará no passado de Killmonger, mostrando ele interagindo inclusive com diversos personagens do Universo Marvel clássico, como o Rei do Crime e a Viúva Negra. A HQ, claro, também aproveita a vibe do filme do Pantera Negra para atrair os leitores.

63. Miles Morales: Homem-Aranha

Roteiro de Saladin Ahmed (Raio Negro) e arte de Javier Garrón (Guerreiros Secretos).

Com a saída de Brian Michael Bendis, o criador do Miles, da Marvel, o jovem herói havia ficado sem uma revista própria. Agora ele retorna e terá uma revista que promete desenvolver plots como a sua vida de estudante/vida heroica e também abordar assuntos espinhosos como os imigrantes ilegais.

64. X-Force

Roteiro de Ed Brison (Velho Logan) e arte de Dylan Burnett (Motoqueiro Fantasma Cósmico).

A X-Force estava sumida mas agora ela voltou. A nova formação conta com a presença de Apache, Míssil, Dinamite, Shatterstar, Deathlok, Dominó e o Kid Cable que esteve presente na saga Extermination.

65. Soldado Invernal

Roteiro de Kyle Higgins (Asa Noturna) e arte de Rod Reis (Império Secreto).

Como alguém com um pouco de experiência escrevendo parceiros mirins crescidos, eu posso afirmar que é importante definir o personagem fora de seu relacionamento com seu mentor“, contou Higgins, referenciando o seu trabalho com o Asa Noturna na DC. “Desde que foi libertado da lavagem cerebral soviética, Bucky fez uma enorme quantidade de trabalho para pagar pelos seus pecados – tornando-se o Capitão América, passando tempo no Gulag, morrendo para salvar o mundo … de muitas maneiras, ele encontrou a redenção. Então, o que vem a seguir para ele? Ele vai ajudar outras pessoas a fazer o mesmo“.

66. Viúva Negra

Roteiro de Jen e Sylvia Soska (American Mary) e arte de Flaviano (Baby Groot).

Um dos objetivos da revista será trazer uma abordagem mais humana e realista para a heroína. “Há uma tendência com personagens femininas no entretenimento de torná-las mais suaves, mais gentis, ter culpa sobre suas ações, ter remorso. E acho que isso pode ser prejudicial para os sentimentos mais complexos de um personagem. Esta história entra nas raízes da Nat, que tipo de dano, e eu quero dizer dano real, uma Viúva Negra pode causar quando ela está fazendo as coisas em seus próprios termos“.

67. Invasores

Roteiro de Chip Zdarsky (Senhor das Estrelas) e arte de Carlos Magno (Namor).

Na sua mais recente interação com o Universo Marvel, na revista dos Vingadores, Namor voltou a ter comportamentos vilanescos. A revista mostrará o Rei de Atlântida interagindo com colegas de Invasores, como o Capitão América, Soldado Invernal e o Tocha Humana para resolver essas diferenças.

68. Homem-Aranha: O Amigão da Vizinhança

Roteiro de Tom Taylor (X-Men Red) e arte de Juan Cabal (Novíssima Wolverine).

Enquanto Nick Spencer escreve a mensal principal do Homem-Aranha e envolve o personagem nas mais diversas aventuras, essa HQ será um espaço para que possamos ver tramas mais particulares e intimistas com o personagem.

69. Era do X-Man

Roteiro e arte de vários artistas.

Essa será a grande história dos X-Men em 2019. O mutante Nate Grey criará um mundo utópico para os mutantes, onde eles são a maioria e felizes, sem ódio. Essa história vai gerar 6 minisséries derivadas e tie-ins, todas carregam o título de Era do X-Man: Os Maravilhosos X-Men, Nexgen, O Incrível Noturno, Os X-Tremistas, Apocalípse & os X-Cluídos e Prisioneiros X.

70. Capitã Marvel

Roteiro de Kelly Thompson (Gaviã-Arqueira) e arte de Carmen Carnero (X-Men Red).

Essa é a primeira revista da Capitã Marvel após ela ganhar a sua nova origem na minissérie A Vida da Capitã Marvel. Nessa HQ ela deixará um pouco de lado as aventuras espaciais e estará mais focada na Terra.

71. Wolverine: Infinity Watch

Roteiro de Gerry Duggan (Guerras Secretas) e arte de Andy MacDonald (Homem-Múltiplo).

A revista será uma continuação da saga Guerras Infinitas, mostrando o que aconteceu com o Wolverine e o Loki. Aparentemente, os personagens estão protegendo/buscando pelas Pedras do Infinito após o desfecho da saga.

72. Demolidor

Roteiro de Chip Zdarsky (Invasores) e arte de Marco Checchetto (Velho Gavião-Arqueiro).

O run de Charles Soule no Demolidor se encerrou de forma misteriosa e trágica. Matt Murdock estava em coma no hospital, após ser atropelado e cheio de problemas lhe esperando. Muito pouco se sabe sobre o que Zdarsky fará com o personagem, tudo é mantido em segredo.

73. Guerra dos Reinos

Roteiro de Jason Aaron (Thor) e arte de Russel Dauterman (Thor).

Essa é a grande história que Jason Aaron está planejando na revista do Thor desde 2012. O grande confronto entre todos os reinos da Mitologia Nórdica. A saga deverá envolver todos os personagens da Marvel e ser uma das maiores histórias já escritas na Casa das Ideias.

74. Hulkverines

Roteiro de Greg Pak (Arma X) e arte de Ario Anindito (Arma H) e Guiu Villanova (Justiceiro).

Essa HQ será uma minissérie de três edições que dará uma conclusão para o personagem Arma H, que é uma mistura de Hulk com Wolverine feito pelo Arma X. Como durante a sua criação ambos heróis estavam mortos, um dos chamarizes desse material será o encontro de Bruce Banner e Logan com o Arma H.

75. Dominó: Hotshots

Roteiro de Gail Simone (Dominó) e arte de David Baldeon (Dominó).

Essa será uma minissérie em cinco edições que mostrará uma equipe feminina composta por DominóViúva-NegraRaposa BrancaAtlas BearPistoleira Cascavel. A missão do grupo ainda é um mistério, mas ao que tudo indica envolverá o Longshot.

76. Motoqueiro Fantasma Cósmico Destrói a História da Marvel

Roteiro do comediante Paul Scheer e Nick Giovannetti (Far Cry) e arte de Gerardo Sandoval (Venom).

Essa será uma minissérie mais em formato de sátira do que canônica de fato. Nela veremos o personagem interagindo com diversos personagens clássicos da Marvel em momentos chave das suas histórias, mudando o rumo das suas trajetórias.

77. Homem-Aranha: História de vida

Roteiro de Chip Zdarsky (Demolidor) e arte de Mark Bagley (Aranha Escarlate).

A Marvel celebra em 2019 os seus 80 anos e para isso tem lançado uma série de HQs especiais. O mais novo anúncio é uma minissérie de seis edições que nos apresentará um Homem-Aranha que envelhece junto do mundo real. Cada edição focará em uma década na vida de Peter.

78. Miss Marvel

Roteiro de Saladin Ahmed (Raio Negro) e arte de Minkyu Jung (Titãs).

Saladin após assumir a revista mensal do Miles Morales, agora também abraça a publicação da Kamala Khan. Conforme o escritor, nessa nova fase da personagem seu objetivo é manter a heroína no cerne do Universo Marvel, mas produzir histórias mais intimistas.

79. Conheça os Skrulls

Roteiro de Robbie Thompson (Teia de Seda) e arte de Niko Henrichon (Leões de Bagda).

Essa será uma minissérie de cinco edições que mostrará a Família Warner, que vive na Terra como pessoas normais, mas na verdade são skrulls infiltrados no planeta e que fazem parte de um plano maior de invasão.

80. Homem-Aranha: Cidade em Guerra

Roteiro de Dennis Hopeless (Vingadores Arena) e arte de Michele Bandini (Capitã Marvel).

Essa revista servirá basicamente como uma adaptação em quadrinhos do mais recente jogo de video game do Homem-Aranha para PS4. Essa versão do Peter Parker já apareceu na saga Spider-Geddon e se fizer sucesso, deverá ganhar mais material impresso no futuro.

Perspectivas até o momento

Separamos algumas das opiniões dos anúncios feitos até o momento e do que ainda está por vir.

OBS: a opinião de James foi dada ainda no início de Fresh Start.

James Sine, dono da Isotope Comics, em São Francisco: “Gosto bastante de X-Men Red. X-Men Blue, apesar de não ser um título que as pessoas queiram ler, porque nem todo mundo liga pros X-Men do passado, é uma revista muito boa. X-Men Gold tem muito potencial, não acho um título bom, mas tem potencial. Tenho a impressão de que, se você olha pra organização num nível maior, é como se eles estivessem encaixando um quebra-cabeças pros X-Men. […] Não há uma revista chamada X-Men ou Uncanny X-Men, eles estão guardando essa cartada. […] Tenho quase certeza de que Jonathan Hickman vai assumir os X-Men em breve.

Por fim, acho que Thor é um dos melhores títulos publicados pela Marvel em anos. É muito bom. Emotivo. Jason Aaron é incrível e agora ele pegou os Vingadores, isso é ótimo, né?

Aproveitamos aqui para apresentar os novos membros do Jamesons. São três garotos espetaculares que leem e se engajam fortemente com os quadrinhos. Eles vão trazer uma perspectiva diferente para o site. Eles não são adultos, não são militantes e não são conservadores, em tese eles deveriam ser o público alvo dos quadrinhos de heróis: eles são os Parkers.

O que vocês acharam dos anúncios até agora?

Fábio Jacob: Fresh Start foi uma fase que agora, depois de ter lido diversos títulos, posso dizer com tranquilidade que conseguiu agradar todos os tipos de leitores. Em mais de 50 HQs publicadas, a variedade de gêneros, desenhos e personagens abordados foi algo espetacular e demonstrou uma organização clara dentro da empresa. As HQs vão de temas sociais atuais até terror.

Pablo Luiz: Eu gosto de classificar os anúncios como satisfatórios pois eles agradam a todos os dois grupos de leitores: a galera conservadora e aqueles que curtem uma experimentação. Essa iniciativa também ajuda novos leitores a terem um ponto de partida, o número “1” é bem importante na hora de escolher uma história para ler.

José Ronaldo: Os anúncios estão bem equilibrados, souberam aproveitar melhor o potencial de muitos escritores que já estavam na editora, realocando em outras revistas. As equipes criativas estão maravilhosas, anúncios como Ta-Nehisi em Capitão América e Cates em Venom são de encher os olhos. O quesito de arte acho que está bom, mesmo que ainda ache um pecado ter o Mike Del Mundo fazendo arte interna de mainstream. Todos os anúncios me pareceram com a Marvel no seu line-up mais enxuto, bem 2011/12. Empolga muito, é um vigor para editora, além de equilibrar nomes novos com antigos, tanto nos roteiros/artes ou personagens antigos junto com novas encarnações deles mesmos. Parker e Miles, Tony e Riri… só amor nessa fase, promete agradar REALMENTE os mais novos e os mais antigos leitores.

O que vocês mais curtiram?

Fabio Jacob: Em especial, destaco dois títulos que na minha opinião vejo como os melhores dessa fase: Imortal Hulk e Motoqueiro Fantasma Cósmico. As duas HQs combinam um roteiro inteligente, direto e que torna o leitor imerso na leitura. Impossível não se sentir um companheiro de jornada do Motoqueiro Fantasma através do espaço ou entender a angustia do Hulk na sua revista solo.

Pablo Luiz: Definitivamente títulos que me representam. Títulos como Riri Williams: Coração de Ferro, Miles Morales: Homem-Aranha e HQs que são divertidas e uma delícia de se ler como Motoqueiro Fantasma Cósmico, Spider-Geddon e a tão esperada Guerra dos Reinos. Eu adoro títulos que envolvem muitos personagens e talvez seja isto que me afaste de publicações solo.

José Ronaldo: Todos os três da trindade me animaram, principalmente Tony Stark: Homem de Ferro e Capitão América do Ta-Nehisi Coates. As equipes estão comprometidas, dá para notar que os caras gostam da mitologia dos personagens, e satisfazem o perfil de cada título. Vingadores do Aaron e Homem Aranha do Spencer também me empolgaram MUITO, estou esperando coisas muito boas vindo desses títulos.

Do que vocês estão sentindo falta nos anúncios?

Fabio Jacob: Como já disse, Fresh Start incluiu conteúdo para todos os gostos e leitores. Com muita diversidade e qualidade, para mim, não faltou algo realmente relevante (mas um Hickman nos X-Men agradaria, vai).

Pablo Luiz: Nada. Acho que por eu ser um “novo mas não tão novo leitor” me falta a experiência pra dizer com toda certeza o que está em falta. Dar um tempo nas grandes sagas foi uma das melhores decisões da editora e é algo que eu não mudaria de jeito nenhum.

José Ronaldo: Eu sinto falta de um novo título do Cavaleiro da Lua e gostaria que alguns desenhistas como o David Fich voltassem a desenhar títulos regulares. O Finch poderia desenhar um novo título do Wolverine.

Mas então caros leitores, agora que vocês entenderam o que é o Fresh Start, acompanharam todos os anúncios e já estão imersos no hype que nem a gente, quais são suas expectativas? Está gostando do que foi mostrado até agora?

Please follow and like us:
error

Espera aí meu jovem, já vai embora? Esperamos que você tenha gostado do conteúdo do site. Mas não esquece de nos seguir nas redes sociais abaixo para curtir mais material sobre a Marvel :D