Salvadora dos mutantes? Entenda o novo papel de Moira MacTargget nos X-Men

Uma das poucas aliadas fieis dos X-Men, Moira MacTargget estava desaparecida das histórias da equipe desde que morreu pelo vírus legado, lá em 2001. Por isso houve muita especulação quando ela apareceu em capas e teasers da nova fase dos mutantes. Parte desse mistério foi revelado em House of X #2 que foi publicada na última quarta-feira, onde, de várias maneiras, o passado de Moira é revisitado.

House of X 2 começa com a continuação de uma cena que apareceu em Powers of X 1, em que Moira encontra Xavier pela primeira vez, diz já conhecê-lo e fala para ele ler sua mente.

[CMXDB783932] House of X-Powers of X Free Previews-001.jpg

Nas primeiras páginas já temos a maior revelação da edição, Moira é uma mutante com poder de reencarnação. Cada vez que morre, ela volta ao momento que nasceu com total lembrança de sua vida passada.

A história então passa a nos apresentar brevemente as suas vidas passadas, nos introduzindo a esse novo conceito/poder.

Depois de uma primeira vida normal, ela procurou entender sua existência através da ciência e se descobre como mutante após assistir uma transmissão de Xavier, mas morreu em um acidente antes de conhecê-lo. Em sua terceira vida ela decide criar uma cura para sua condição, mas é atacada pela Irmandade de mutantes.

A precognitiva Sina, capaz de ver os futuros de Moira, revela que ela não é imortal e terá 10 ou talvez 11 vidas, já que se morrer antes de desenvolver seus poderes na adolescência ela não vai poder reencarnar. Também deu um ultimato: se tentasse criar uma cura novamente, o ataque da Irmandade iria se repetir. E a matou para consolidar a ameaça.

Em sua quarta vida, Moira decide estudar a questão mutante e decide abraçar a causa depois que conhece Xavier. Eles criam os X-Men e vivem juntos até serem mortos por sentinelas.

Após o fracasso da convivência pacífica de Xavier, ela tenta diversas abordagens para resolver questão mutante, que vão desde o isolamento em uma nação mutante a se aliar a Apocalipse ou Magneto contra a humanidade. Curiosamente ela parece tentar abordagens comuns utilizadas pelos autores de X-Men e em todas os mutantes acabam derrotados.

A edição acaba com Moira dizendo que em sua décima vida, talvez a última de acordo com Sina, ela e Xavier quebrariam todas as regras, o que nos leva de volta ao encontro do início da edição.

A edição só aumenta o número de perguntas sobre a nação de Krakoa e o futuro dos mutantes. Qual o plano de Moira e Xavier? Como ela influenciou na criação de Krakoa? O que ela aprendeu nas outras vidas que levou a isso?

As vidas de Moira são resumidas em linhas de tempo no final da edição, mas elas também criam algumas questões. Das 10 vidas de Moira, 7 são descritas do início ao fim. A edição não traz nenhuma informação da 6ª vida e não mostra como acabou a 9ª, vida em que ela se junta a Apocalipse. Por que essas vidas estão escondidas? Quando serão reveladas essas informações? Isso está relacionado às imagens promocionais que mostram o Apocalipse e Sinistro? Elas explicam o papel deles em Krakoa?

E a 10 vida, também incompleta, deixa algumas perguntas sobre a própria linha do tempo de House of X e Powers of X. Elas se passam nessa 10ª vida de Moira? Ou uma delas é a 10ª e a outra a 11ª, em duas vidas com ações e escolhas parecidas?

Ao final das 12 edições das duas minisséries essas questões devem ser respondidas. E se essa foi de fato a maior cena da história dos X-Men só o tempo dirá. Mas uma coisa é certa, é o momento mais intrigante dos mutante em muito tempo.