QUE FINAL DE SEMANA! Ultimato se torna a maior bilheteria da história e Longe de Casa a maior do Homem-Aranha

Como se o final de semana já não tivesse sido extremamente movimentado para os fãs da Marvel, com o anúncio das novas revistas dos X-Men e também com a revelação de toda a Fase 4 do MCU, as bilheterias dos seus filmes atingiram também marcas históricas.

A principal notícia do dia é que Vingadores: Ultimato, após cerca de 10 semanas em exibição nos cinemas, finalmente ultrapassou Avatar como a maior bilheteria da história. Lembrando que Avatar ficou mais ou menos 30 semanas em cartaz, contando o seu relançamento.

O filme dos Vingadores já acumulou $854 milhões no mercado doméstico e outros $1,936 bilhão no mercado internacional, totalizando uma bilheteria de $2,790 bilhões.

Confira o Top5 das maiores bilheterias da história:

1 – Vingadores: Ultimato – $2,790 bilhões.
2 – Avatar – $2,789 bilhões.
3 – Titanic – $2,187 bilhões.
4 – Star Wars: O Despertar da Força – $2,086 bilhões.
5 – Vingadores: Guerra Infinita – $2,048 bilhões.

Outra marca que o MCU atingiu nesse final de semana envolve o filme Homem-Aranha: Longe de Casa. O longa protagonizado por Tom Holland se tornou a maior bilheteria de um filme do Homem-Aranha.

Até o momento a produção já arrecadou $319 milhões nos Estados Unidos e outros $651 milhões no resto do mundo, completando um total de $970 milhões.

Nos próximos dias, ou no máximo no próximo final de semana, o filme deve estar chegando a tão badalada marca de $1 bilhão em bilheteria.

Confira o ranking de bilheterias do Homem-Aranha

1 – Homem-Aranha: Longe de Casa – $970 milhões.
2 – Homem-Aranha 3 – $890 milhões.
3 – Homem-Aranha: De Volta ao Lar – $880 milhões.
4 – Homem-Aranha – $821 milhões.
5 – Homem-Aranha 2 – $783 milhões.
6 – O Espetacular Homem-Aranha – $757 milhões.
7 – O Espetacular Homem-Aranha 2 – $709 milhões.
8 – Homem-Aranha no Aranhaverso – $375 milhões.

Mas e você, caro leitor, o que achou dos dois filmes? Esse sucesso de bilheteria é justificado? Deixe a sua opinião nos comentários.