Professor Xavier apaga a memória de importante herói da Marvel

Muito devido aos filmes e animações, o Professor Xavier acabou virando uma referência de índole impecável entre os fãs. Porém quem acompanha as HQs sabe que o fundador dos X-Men já cometeu muitos atos questionáveis ao longo dos anos.

Quando a Sala de Perigo começou a desenvolver consciência, Charles a ignorou e a manteve servindo aos X-Men contra a sua vontade, até que ela se rebelou e causou muitos problemas aos X-Men.

Ele também apagou da memória do Ciclope a existência de Vulcano, seu irmão mais jovem que arriscou a vida para salvar os X-Men no passado. Invariavelmente Vulcano retornou e também causou problemas aos X-Men.

Esse último ato inclusive, lá por 2007, lhe custou uma séria briga com seus alunos, sendo expulso do próprio Instituto Xavier, que passou a ser comandado por Ciclope e Emma Frost.

Mas agora o seu novo ato questionável ocorreu em Quarteto Fantástico/X-Men #4, capítulo final do crossover entre as duas grandes equipes. A mesma edição onde o Dr. Destino apresentou uma teoria alternativa para explicar a posição dos mutantes na evolução humana.

A minissérie girou em torno de Franklin Richards, filho do Sr. Fantástico com a Mulher-Invisível, que é um dos mutantes mais poderosos que existem e por isso é cidadão de Krakoa, a nação mutante, por direito.

Ao fim da história ele optou por continuar vivendo com os seus pais, mas aceitou viajar regularmente para Krakoa para treinar seus enormes poderes.

Nas páginas finais da história acompanhamos Magneto e Xavier realizando uma visita cortês ao Quarteto Fantástico, para conversar com Reed Richards. Porém logo fica claro que a conversa pode ter um destino mais hostil.

O líder do Quarteto Fantástico criou o que chamou de “Code-X“, uma tecnologia que isola o gene mutante e o sobrepõe por um “gene fantasma” humano. O aparato permite que o mutante que o use fique “camuflado” de humano e os seus poderes podem também ser diminuídos.

Apesar de Reed criar essa tecnologia para o seu filho, que é um mutante mega poderoso, acidentalmente ele também criou uma nova “cura mutante”. Richards confessa que não criou o Code-X para substituir ou desativar o gene mutante, mas reconhece que isso seria teoricamente possível.

Para evitar que essa possível cura caia em mãos erradas, Magneto e Xavier foram cortar o problema na sua raiz. Foram até o Sr. Fantástico e removeram todas as informações sobre essa tecnologia da sua cabeça.

Conforme o Professor X: “Você atravessou a linha, Reed. Contra o seu filho. Contra todos os mutantes.” E continuou, “eu acabei de remover a sua capacidade de refazer o dispositivo“.

Charles ainda fez um esclarecedor discurso justificando os seus atos:

Não importa o quanto você pense sobre isso, se revirando na cama, tentando montar o quebra-cabeça … Eu sempre vou estar removendo peças. Isso é piedade, Reed. Misericórdia por um homem que não entende as consequências de suas ações. O velho eu, quando estávamos nos Illuminati, daria mais um passo depois disso. Eu apagaria a lembrança de que estou fazendo isso com você. Mas isso foi então. Isto é agora. Quero que se lembre. Este não é um jogo para nós. Este é o nosso direito de sobreviver.

E assim Charles e Magneto se foram, após remover as informações sobre o Code-X da memória do Sr. Fantástico.

Apesar de ter sido uma atitude claramente invasiva e alguns leitores apontarem que é um comportamento vilanesco, também é uma postura reativa de personagens que por décadas tentaram abordagens passivas e apenas viram os seus problemas aumentar. Acho que há uma reflexão muito bacana para se fazer aqui.

Quarteto Fantástico/X-Men contou com roteiro de Chip Zdarsky (Demolidor) e arte de Terry Dodson (X-Men).

Mas e vocês, caro leitores, o que acharam da decisão do Professor X? Concordam que foi uma atitude justa? Ou ele agiu como um vilão? Deixe a sua opinião nos comentários.

Please follow and like us:
error

Espera aí meu jovem, já vai embora? Esperamos que você tenha gostado do conteúdo do site. Mas não esquece de nos seguir nas redes sociais abaixo para curtir mais material sobre a Marvel :D