Tudo o que você precisa saber sobre a polêmica envolvendo James Gunn

Foi na sexta-feira que a Disney surpreendeu a todos ao anunciar a demissão do diretor James Gunn (Guardiões da Galáxia), após diversos tweets antigos seus, com piadas sobre estupro e pedofilia, ressurgirem. Porém, nada nessa vida é tão simples e existe todo um contexto que acompanha o resgate dessas mensagens antigas.

Entenda a polêmica James Gunn

Para facilitar a sua compreensão sobre toda essa situação envolvendo o diretor James Gunn, estamos dividindo todos os ocorridos em tópicos. Siga a leitura e acompanhe o raciocínio.

1. Esses são apenas alguns dos tweets do diretor. É possível ter alguma noção do tom dos vários outros que não estão aqui listados apenas por esses. Como dá para ver, são muito ofensivos.

Rir é o melhor remédio. É por isso que dou risada de pessoas com AIDs“.

Acabei de fazer uma piada sobre sodomizar a minha amiga enquanto ela dormia“.

Eu queria caçar animais de grande porte mas eu sei que é algo moralmente questionável. Então eu farei algo diferente e vou caçar alguém para estuprar“.

2. Todos os tweets são antigos, de cerca de 8 à 10 anos atrás. E não, com isso não estamos relativizando nada. O diretor já tinha seus 40 anos na década passada e o que é ofensivo hoje, também era ofensivo naquela época.

Porém, tem muitas pessoas falando que o diretor postou tweets contendo links para vídeos de pornografia infantil. Isso é crime. E até o momento, não identifiquei nenhuma mensagem do diretor desse tipo. A princípio essa informação é falsa.

3. Em 2012, antes mesmo da estreia do primeiro filme dos Guardiões da Galáxia, James Gunn já havia se manifestado pedindo desculpas por uma situação semelhante, após ser criticado pela Aliança de Gays e Lésbicas Contra Difamação. Na época, Gunn deu a seguinte declaração:

Alguns anos atrás eu escrevi um blog que foi feito para ser satírico e engraçado. Ao reler esse conteúdo ontem, não acho que seja engraçado. A tentativa de humor no blog não representa meus sentimentos reais. No entanto, posso ver onde as declarações foram mal formuladas e ofensivas para muitos. Sinto muito e me arrependo de tê-las escrito.
As pessoas que estão familiarizadas comigo, como evidenciado pela minha página no Facebook e outras mídias, sabem que sou um defensor sincero dos direitos da comunidade gay, lésbica, mulheres e qualquer um que se sinta marginalizado, e me machuca saber que alguma dessas pessoas possa se sentir magoado ou atacado por algo que eu disse. Estamos todos no mesmo barco e quero fazer o melhor para tornar este mundo um lugar melhor para todos nós. Estou aprendendo o tempo todo. Eu prometo ser mais cuidadoso com minhas palavras no futuro. E eu farei o meu melhor para ser mais divertido também

Ou seja, lá em 2012 ele já havia assumido os erros, pedido desculpas e de fato mudou a sua postura e visão do mundo.

4. James Gunn, dentro da cultura pop, se mostrou um ferrenho crítico ao governo do Presidente Donald Trump. Diariamente o diretor questiona decisões do político. Inclusive, no mês passado, chamou a atenção para o fato do Presidente estar junto de um grupo chamado “Família dos Anjos“, que consiste em famílias cujos membros foram mortos por imigrantes ilegais.

De acordo com o diretor, Trump estaria se promovendo as custas da desgraça alheia. E chegou a postar a seguinte mensagem: “Não sei o motivo de eu estar surpreso por ele [Donald Trump] ter assinado as fotos das vítimas. Você sabe, Trump acorda todas as manhãs torcendo para que mais crianças sejam mortas por imigrantes apenas para que isso lhe ajude nas urnas“.

5. Nessa altura do texto você já deve estar se perguntando o motivo de estarmos falando sobre o posicionamento político de James Gunn, mas acredite, isso é muito importante para compreendermos a situação.

Os tweets antigos do diretor não surgiram do nada na internet. Foi o ativista de extrema-direita, Mike Cernovich, quem encontrou e divulgou os tweets. O rapaz utilizou as publicações ofensivas do diretor como uma manobra política.

Mike mobilizou as suas redes sociais, se esforçou ao máximo para que as publicações de James Gunn estivessem em todos os locais da internet. O espalhador de notícias falsas engajou os seus seguidores e conseguiu levar o assunto para o trendig topics do Twitter. Aqui faço uma observação, apesar de Mike ter um histórico de propagar fake news, os tweets de James Gunn são verdadeiros.

6. Mike Cernovich ficou mais conhecido um pouco antes do dia das eleições presidenciais norte-americanas, quando espalhou a falsa teoria da conspiração de que a candidata a presidência na época, Hillary Clinton, organizava no porão de uma pizzaria um círculo sexual infantil. O evento ficou conhecido como Pizzagate.

A situação foi tão séria que um americano armado, inflamado pela notícia falsa, invadiu a pizzaria com disparos para salvar as crianças que supostamente sofriam abusos. Para a sua surpresa, não havia nenhum ponto de prostituição infantil no local. Na verdade, descobriu-se que a pizzaria nem ao menos tinha um porão.

Uma pesquisa realizada pela YouGov, em 2016, mostrou que cerca de metade do eleitorado de Donald Trump acreditava na teoria da conspiração envolvendo Hillary e o culto sexual. Ou seja, Mike Cernovich conseguiu manipular as pessoas para beneficiar o candidato de direita nas eleições.

Vale destacar que Mike Cernovich é uma das vozes mais ativas do movimento da extrema-direita americana conhecido como “Alt-Right”, que se diferencia da direita tradicional justamente pelo seu extremismo. O movimento é encabeçado por ideias homofóbicos e supremacistas, por exemplo. A passeata nazistas que ocorreu ano passado, na cidade de Charlottesville, nos Estados Unidos, foi uma atividade da “Alt-Right”.

7. Mike Cernovich, no final de 2017, anunciou que iria utilizar tweets antigos para atacar pessoas que defendem a ideologia da esquerda. Seus alvos em um primeiro momento foram jornalistas e seu modo de agir é bastante devastador.

Primeiro tira uma situação de contexto, manipula conforme lhe for conveniente e então espalha para seus seguidores, que no momento, apenas no Twitter, já contabilizam 427 mil pessoas.

8. Apesar de Mike Cernovich utilizar os tweets de James Gunn para tentar mostrar que ele é um pedófilo, o site The Huff Post informa que Cernovich foi acusado de estupro em 2003, ele negou ter cometido o crime e a acusação não teve seguimento.

Porém, o próprio Mike Cernovich possui um blog, onde em um texto de 2011, ele ensina como sufocar uma mulher durante o sexo. O texto é bastante didático e explica até quais artérias apertar, mas um trecho em específico chama bastante a atenção: “Eu gosto de sufocar uma mulher até os olhos dela quase ficarem sem vida. As mulheres também gostam disso. Quando a vida volta para elas, é como se elas voltassem do outro lado.

9. James Gunn estava ciente de quem havia espalhado os seus tweets na internet. E antes mesmo da Disney demiti-lo, se manifestou nas redes sociais:

Muitas pessoas que acompanharam minha carreira sabem que quando eu comecei, me vi como um provocador, fazendo filmes e contando piadas ultrajantes e tabus. Como já falei abertamente antes, eu cresci como pessoa, assim como meu trabalho e meu humor!
No passado, pedi desculpas por humor meu que feriu as pessoas [como mencionado no item 3]. Eu realmente lamento por todas as palavras que disse.
De qualquer forma, essa é a verdade: eu fazia piadas ofensivas. Não faço mais. Não julgo minhas atitudes passadas, mas me tornei uma pessoa melhor.”

A petição online

Bom, agora que você está a par de toda a situação, plenamente contextualizado, vale a pena saber que muitas pessoas estão defendendo o diretor na internet. Existe a crítica de que seus tweets foram ofensivos sim, mas que ele mudou de verdade desde então e que está sendo vítima de um ataque da extrema-direita.

Existe uma petição online colhendo assinaturas, pedindo para que a Disney repense a sua decisão e recontrate o diretor James Gunn para dirigir Guardiões da Galáxia vol. 3. Até o momento o site já colheu 209 mil assinaturas diferentes.

A repercussão na comunidade nerd

Diversos famosos já se manifestaram sobre a polêmica envolvendo o diretor. Vamos postar aqui os principais depoimentos, de pessoas ligadas ao diretor na Marvel e também de profissionais que lutam por causas sociais.

Selma Blair, atriz e ativista do movimento #Metoo, que luta contra o assédio em Hollywood:

James Gunn, eu agradeço pelo seu talento, sua decência e sua evolução como homem. Você me ajudou quando eu estava em um lugar assustador, e me guiou para a coisa decente e certa a se fazer. Você mostrou mais força e caráter do que a maioria das pessoas que eu conheço. Você entende.

A atriz também compartilhou a petição pedindo para que a Disney recontrate Gunn. “Marvel, re-contrate James Gunn. Se as pessoas são punidas apesar de mudarem, então o que isso ensina para as pessoas sobre aprender com os erros e evoluir? Este homem é um dos bons.“, postou Blair.

Sean Gunn, ator e irmão do diretor James Gunn:

Não preciso dizer que amo e apoio meu irmão James e estou muito orgulhoso do quão generoso, bom e compassivo ele é com todas as pessoas. Desde criança, era claro que ele tinha o desejo de ser artista, contar histórias, encontrar sua voz nos quadrinhos, filmes, na sua banda. A batalha por isso às vezes foi complicada, desorientada e estúpida, mas em outros momentos também incrível, cativante e divertida.

Desde que passou a dedicar a sua vida inteira aos filmes da série Guardiões da Galáxia e ao Universo Cinematográfico da Marvel, há seis anos, eu o vi canalizar essa voz em seu trabalho, deixando de ser aquela pessoa que faz as coisas apenas para chocar o seu público.

Eu vi em primeira mão como ele passou a deixar de ter uma “pegada afiada” para abraçar um público ainda maior, onde a sua “pegada afiada” não era uma ferramenta tão útil quanto ele pensava. O seu dom para contar histórias era algo melhor.

Eu vi que ele estava com o coração aberto e que para alcançar mais pessoas, não precisava fazer piadas desagradáveis ou ofensivas (como você quiser chamá-las – eu não acho que esse material era seu melhor, e nem nossa mãe acha). 

Em muitos aspectos, vejo que essa mudança no meu irmão foi refletida na mudança que os Guardiões passaram. Eu ouvi meu irmão dizer muitas vezes que quando Quill reunia a equipe com “esta é a nossa chance de fazer alguma coisa”, esse era o tipo de coisa que ele mesmo precisava ouvir.

Isso tudo tornou a experiência de trabalhar nos filmes dos Guardiões uma experiência tão gratificante para o elenco, me incluo nessa. Nós conseguimos nos encontrar envolvidos em um filme de super-heróis de grande orçamento que foi, no seu âmago, profundamente pessoal. Isso é um presente. E é por isso que foi tão bom.

E essa informação não é nova, a propósito. Tudo isso o James explicou muitas vezes em entrevistas, com mais detalhes e de forma mais eloquentemente. Não é uma nova reviravolta. Sempre foi assim.

Então eu acho que minha esperança é que os fãs continuem a assistir e apreciar os filmes dos Guardiões, não apesar do fato de que o cineasta costumava ser uma espécie de babaca, mas por causa disso. Eles são, afinal de contas, filmes sobre descobrir o o melhor de si.

Trabalhar nesses filmes fez do meu irmão uma pessoa melhor, e eu me tornei alguém melhor também. Estou orgulhoso disso. Paz.

Dave Bautista, ator que interpreta o Drax nos filmes dos Guardiões da Galáxia:

Eu tenho mais para dizer sobre isso mas, por enquanto, tudo que direi é… James Gunn é uma das pessoas mais adoráveis, carinhosas e boas que eu já conheci. Ele é gentil e se importa profundamente com pessoas e animais. Ele cometeu erros. Todos nós cometemos. Não estou de acordo com o que aconteceu com ele”.

Chelsea Cain, autora de best-sellers que sofreu ataques machistas no facebook em 2016:

Digo isso como alguém que já recebeu muitos tweets maldosos: Talvez devêssemos julgar as pessoas por suas ações, como seres humanos, e não por coisas estúpidas que dizem no final da noite, quando eles estão loucos e sozinhos. Somos todos estúpidos. Às vezes.

A escritora também compartilhou a petição que pede a recontratação do diretor por parte da Disney.

David Dastmalchian, ator de Homem-Formiga e a Vespa:

Eu tenho dito isso por anos! James Gunn é uma das pessoas mais incríveis que eu já conheci – tanto profissionalmente quanto pessoalmente. Há tantas pessoas em minha vida que nunca teria conhecido sem o incrível ímã de talento e bondade que é o James. Obrigado por me permitir ser parte de sua família, amigo.

Chris Pratt, ator que interpreta o Senhor das Estrelas nos filmes dos Guardiões da Galáxia:

O ator postou o seguinte trecho da Bíblia no seu Twitter: “Portanto, meus amados irmãos, todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar – JAMES 1:19“. Destaque para o “James”, que em português é “Tiago”.

Zoe Saldana, atriz que interpreta a Gamora nos filmes dos Guardiões da Galáxia

Foi um final de semana difícil, não vou mentir. Estou me dando um tempo antes de falar sobre qualquer coisa. Eu só quero que todos saibam que eu amo todos os membros da minha família Guardiões da Galáxia. E sempre amarei.

Ao longo dessa semana que se inicia, novas manifestações deverão ocorrer, principalmente em Hollywood. Será que a petição, com as 209 mil assinaturas, será suficiente para convencer os executivos da Disney de recontratar o diretor? Para Mike Cernovich, o propagador dos tweets, a resposta é sim.

James Gunn vai 100% estar de volta na Disney, talvez até mesmo para os Guardiões da Galáxia 3. É a forma como a indústria funciona.”

Confira também essas novidades