OFICIAL: Extermination será a conclusão da história dos X-Men originais

Em 2012, na sequência da saga Vingadores vs X-Men, Ciclope e seus aliados mutantes se tornaram fugitivos após usarem o poder da Fênix para implementar uma ditadura no Planeta Terra inteiro. Scott Summers também foi o responsável por matar Charles Xavier. Foi então que o Fera teve a ideia de buscar os cinco X-Men originais no passado, para mostrar ao “caolho” a inocência que ele havia perdido.

O problema foi que os cinco mutantes viram o futuro desolador que os aguardava e nunca quiseram voltar ao passado. Ciclope se tornou um louco e tirano, Jean Grey estava morta, Fera virou uma fera bestial azul, o Anjo passou por enormes perrengues com o Apocalipse e o Homem de Gelo basicamente ficou pois não teria motivo para voltar sozinho.

Desde então, a situação tem gerado muita especulação nos leitores. Afinal, se eles são de fato os X-Men originais da realidade 616 (e são mesmo, isso já foi confirmado, não são versões alternativas), como isso não está causando problemas no continuum espaço?

O roteirista Cullenn Bunn já explicou parcialmente isso em X-Men Blue, porém, devido a complexidade dessa história, ainda é preciso de mais explicações. E é aí que entra a nova saga mutante, chamada Extermination, escrita por Ed Brisson (Velho Logan) e com arte de Pepe Larraz (Vingadores).

De acordo com o escritor, a permanência dos originais no presente, não vai gerar problemas apenas no passado, mas no futuro também. Um mundo, 20 anos no futuro, onde todos os mutantes foram exterminados é o que aguarda os personagens se nada for feito.

Brisson, em entrevista ao site CBR, esclareceu o real propósito da saga. “O objetivo de Extermination é contar a história dos cinco X-Men originais que começou em 2012 com Novíssimos X-Men # 1 até a sua conclusão. Eu acho que já está bem claro que eles precisam voltar ao seu próprio tempo. Esta história mostra o como e o porquê disso. Nós entramos nas implicações de por que eles estarem aqui é uma má ideia a longo prazo.

O escritor também deixou claro que apesar de estarem utilizando muitos conceitos de viagem no tempo, inclusive envolvendo o passado, os leitores podem ficar tranquilos que não estará sendo feito um rebot. “A linha tênue que temos de montar aqui é que não queremos desfazer tudo o que foi feito antesCada história que foi contada importa. Se aconteceu alguma coisa numa edição antiga que você leu, isso continuará valendo. Não estamos reescrevendo a história dos X-Men“.

Ed Brisson destacou que a Exterminations #1 – #5 vão se desenrolar no presente, mas impactando e interagindo com personagens e situações do passado e futuro. E apesar de termos os originais em destaque, também teremos a X-Force original sendo reunida, o vilão Ahad e também os elencos de X-Men Gold e Red.

Para finalizar, instigando os leitores, o autor contou que existem surpresas realmente grandes que ainda não foram reveladas e que os leitores só as descobrirão lendo a saga e que nem todos os X-Man sobreviverão há essa história.

Confira também essas novidades