Homem-Aranha passará por mais um momento delicado nas HQs

Historicamente o Homem-Aranha é um dos personagens que mais se ferra nas histórias em quadrinhos. Esse fato já está entranhado no seu cerne desde o começo da sua trajetória, quando perdeu o seu tio por negligência.

Nos últimos meses Peter Parker estava vivendo bons momentos. Após perder a sua empresa, reatou o seu relacionamento com a Mary Jane e voltou a ter um sorriso no rosto.

Talvez os seus bolsos não estejam mais cheios como antes, mas mais do que dinheiro, agora ele tem novamente alguém com quem compartilhar a vida. E isso vale muito.

Pois bem, hoje a Marvel lançou a primeira edição da nova HQ do personagem, chamada “Homem-Aranha: O Amigão da Vizinhança“. E nessa história tivemos um novo elemento triste sendo inserido na sua história.

A revista em questão promete nos apresentar um Homem-Aranha mais “pé no chão”. Enfrentando problemas reais e de fato sendo o “amigão da vizinhança“.

Tanto é que nessa primeira edição ele basicamente ajuda a vizinhança da Tia May em situações como acidentes de carro ou mafiosos. Mas no final da HQ, descobrimos que a publicação pode ser ainda mais intimista.

A eterna Tia May, que muitas vezes passou por diversos perrengues, mas sempre se manteve viva, está com um nódulo e está investigando a possibilidade de ser um câncer.

Porém, para não tirar a felicidade do sobrinho, ela tem feito os exames e visitado o médico em segredo. Guardando para si toda a angustia e desespero que a possibilidade de ter um câncer lhe dá.

Mas até quando May conseguirá guardar o segredo? Será que o nódulo é maligno? Bom, caso essa trama se confirme, a história tem o potencial para ser uma das mais interessantes abordagens do personagem.

Enfrentar um câncer não é tarefa fácil, mas acompanhar esse sofrimento, como um parente impotente, podendo apenas transmitir energias boas e muito amor, é igualmente doloroso.

Aconteça o que acontecer, será uma história que envolverá uma grande dose de drama e certamente enriquecerá o Peter e a tia May como personagens.

A história em questão possui roteiro de Tom Taylor (X-Men Red) e arte de Juan Cabal (Novíssima Wolverine) e Marcelo Ferreira (Tartarugas Ninja).

Mas e você, caro leitor, o que achou dessa ideia? Também ficou angustiado com a possibilidade de ver a pobre Tia May sofrer? Deixe a sua opinião nos comentários.

Confira também essas novidades