Foras da Lei! Novo evento da Marvel colocará os jovens heróis contra o governo

A Marvel anunciou hoje que em março estará publicando “Outlawed“, ou “Foras da Lei/Ilegais” em uma tradução livre. Uma grande história que colocará os jovens heróis da Marvel em rota de colisão com o governo.

Outlawed será uma one-shot, no caso uma edição única, mas trará grande impacto para outras revistas, principalmente aquelas protagonizadas por jovens heróis.

A HQ terá roteiro de Eve Ewing (Coração de Ferro) e arte de Kim Jacinto (Vingadores Selvagens). Confira a sinopse oficial:

Após uma tragédia devastadora, os Estados Unidos aprovam uma lei que abalará o Universo Marvel. O mundo já teve o suficiente de heróis adolescentes. A repressão começou. E a vida da próxima geração da Marvel nunca mais será a mesma.

Outlawed mostrará o governo americano aprovando uma Lei que proíbe que heróis com idade de até 21 anos atuem em território americano. A premissa é muito semelhante a icônica saga Guerra Civil, lançada em 2006.

Porém, a editora da Marvel, Alanna Smith, esclarece a diferença na proposta de Otlawed em relação a Guerra Civil:

A Guerra Civil deveria ser (entre outras coisas) sobre reduzir as liberdades pessoais em nome da segurança. Já Outlawed está explorando diferentes ansiedades sociais. Ultimamente, tem havido muito debate sobre o papel dos jovens em nossa sociedade – se eles devem participar do ativismo, quanto suas vozes devem ser valorizadas, se são maduros e já aprendem o suficiente para ter voz no futuro e o papel das gerações mais velhas. Quando você resume tudo, Outlawed é sobre o conflito que surge quando decisões generalizadas, que afetam uma geração inteira, são tomadas por pessoas de fora dessa geração, ignorando a contribuição das pessoas que terão que conviver com essas decisões. Nesse caso, existem preocupações reais e sinceras de ambos os lados do conflito que tornam muito mais complicado a superação de nossos heróis. Não é um problema que eles possam resolver.

Já a escritora Eve Ewing destaca que a história não é apenas jovens contra o governo, “mas sobre questões muito maiores, sobre como lidamos com os jovens, como eles devem ser independentes às vezes e em outras situações devem ser subservientes“.

A escritora também aponta que a sua proposta é abordar elementos que estejam de acordo com a atual geração de leitores. “Todas as épocas da história trazem novos desafios, e os jovens de hoje estão atingindo a maioridade na era dos tiroteios em massa e a crise climática – coisas que, de certa forma, não tem precedentes. No entanto, muitas vezes não reconhecemos a sabedoria das ideais dos jovens. É como se estivéssemos acima de uma certa idade e perdemos toda a empatia. Eu só queria explorar essa tensão, e eles serem super-heróis realmente aumenta o risco, porque eles estão literalmente lá fora, salvando vidas todos os dias, mas não são vistos como pessoas plenas ou cidadãos plenos. E, ao mesmo tempo, talvez a lei seja uma boa ideia? Talvez seja realmente para a proteção de todos? A história é intencionalmente meio moralmente ambígua.

A autora também deixou claro que está bastante ansiosa com toda a responsabilidade que está assumindo com esse projeto:

Eu fiquei muito empolgada com a história do ponto de vista sociológico, porque acho que a história apresenta grandes questões sobre jovens, política, sociedade, cidadania, controle, vigilância governamental e o que pensamos como segurança. Tudo isso. Mas eu não achei que teria poderes para transformar isso em uma história de maior alcance que realmente se espalhará pela Universo Marvel. Por isso, estou muito tensa com isso e, definitivamente, enervando meus nervos para apenas tentar contar uma boa história que seja digna de tudo isso.

A editora Alanna Smith também apontou a magnitude dessa história e o seu impacto por todo o Universo Marvel:

Estamos trazendo a próxima geração de heróis para a frente de uma maneira importante e balançando as cercas em termos de história, apostas e escala. Outlawed introduz um status quo contínuo que será refletido nos livros do outro lado da linha – quase todo personagem ativo com menos de 21 anos (e até alguns mais velhos) será afetado pelas decisões tomadas em Outlawed , e nem todos concordarão se a nova ordem mundial é boa ou ruim. Mas agora existem consequências sérias e reais para aqueles que vão contra a decisão proferida em Outlawed , e isso interferirá em suas vidas de uma maneira que nunca experimentaram, levando a algumas histórias realmente interessantes.

O preview divulgado da revista, que ilustra o texto, já deixa claro a abordagem da HQ. Veremos o ponto de vista dos jovens heróis, dos heróis clássicos, do governo e até juristas. Outlawed será lançada em março de 2020.

Mas e você, caro leitor, o que achou da novidade? Ansioso para acompanhar essa nova história da Marvel? Deixe a sua opinião nos comentários.

Please follow and like us:
error

Espera aí meu jovem, já vai embora? Esperamos que você tenha gostado do conteúdo do site. Mas não esquece de nos seguir nas redes sociais abaixo para curtir mais material sobre a Marvel :D