600° edição do Demolidor altera o status quo do herói

Recentemente, nas páginas da mensal do Demolidor, descobrimos que o vilão Wilson Fisk, o Rei do Crime, se tornou o Prefeito de Nova Iorque. Ele auxiliou os heróis durante os eventos da saga Império Secreto e acabou assim arranjando carisma suficiente para se eleger.

Ele escolheu Matt Murdock para ser seu vice, acreditando que nessa posição o advogado estaria mais calmo e se manteria fora do seu caminho. Porém, o tiro saiu pela culatra.

O Demolidor acabou escutando os planos do novo prefeito para os super-heróis urbanos de NY. Ele passou a criminalizá-los, chamando-os de vigilantes e colocou a polícia no encalço dos mocinhos, o que desencadeou um enorme confronto no submundo do crime.

Mas apesar disso tudo, com a manipulação da mídia, a opinião pública está a favor de Wilson Fisk. As coisas começam a degringolar quando o Tentáculo invade a cidade e a primeira ação é tenta assassinar o prefeito.

Wilson Fisk agora está hospitalizado, entre a vida e a morte. A ordem de sucessão foi dada, o novo Prefeito da cidade de Nova Iorque é Matt Murdock. O problema é que ele está preso, dentro de um comboio da polícia após ser capturado como um vigilante fora da lei.

Essa foi a 600° edição do Demolidor, contando com roteiro e Charles Soule (Inumanos) e arte de Ron Garney (Homem-Aranha). Os desmembramentos desse novo status quo do personagem poderão ser vistos na próxima edição, que será lançada no dia 18 de abril.

Confira também essas novidades