10 ideias de produções com heroínas para a Marvel usar após a Capitã Marvel

O filme da Capitã Marvel já é um sucesso, em seu primeiro final de semana o longa já arrecadou quase meio bilhão de dólares. Isso abre muitas portas no MCU para a super-heroínas. Nesse texto vamos listar 10 possibilidades que a Casa das Ideias pode utilizar.

1 – Viúva-Negra

Vamos partir pelo óbvio. O filme solo de Natasha Romanova é uma grande possibilidade para o futuro do MCU, mas nada foi confirmado até o momento. Acreditamos que a personagem tem muito potencial para um filme solo.

Já abordamos o assunto em um extenso texto, mas a questão é que acreditamos que a russa pode protagonizar uma série de filmes, seja no passado, mostrando seu treinamento na Sala Vermelha ou mesmo no presente, atuando como uma mentora dos jovens heróis e como uma Vingadora fundadora.

2 – Gaviã-Arqueira

A jovem heroína tem despontado nos últimos anos nos quadrinhos como uma das principais personalidades femininas da Marvel. Apesar de Kate Bishop ter todas as condições e protagonizar um filme solo, acreditamos que ela renderia mais em uma minissérie no Disney +.

Nos quadrinhos a franquia “Hawkeye“, no caso Gavião (a) Arqueiro, rendeu ótimas revistas mensais com roteiros de Matt Fraction e Kelly Thompson. Nossa sugestão é que uma minissérie com a mesma vibe urbana, mostrando a personagem interagindo com sua vizinhança, enquanto enfrenta mafiosos e chefes do crime locais, seja um formato ideal. Mas atenção, a série teria um tom muito mais leve do que produções da Netflix.

3 – Mulher-Hulk

Prima do Hulk original, Jennifer Walters é conhecida por ser uma notória advogada de super-heróis e tem revistas divertidas que contam seus casos. Material perfeito para uma série cômica com participações de diversos heróis do MCU que fossem recorrer a ela por conta de problemas jurídicos, talvez até no estilo mockumentary (tipo Parks and Recreation), já que a personagem é conhecida pela quebra da quarta-parede.

A Mulher-Hulk é uma das personagens femininas mais recorrentes na equipe dos Vingadores dos quadrinhos, além de já ter feito parte do Quarteto Fantástico e liderado sua própria equipe de heroínas, a Força-V, que ainda poderia acabar virando um spin-off cheio de mulheres poderosas da Marvel.

4 – Mulher-Aranha

Conhecida por ser a melhor amiga da Capitã Marvel, Jessica Drew foi uma das mais importantes personagens durante a Invasão Secreta, trama que pode surgir como tema de futuros filmes dos Vingadores.

Embora a participação da heroína no MCU dependa da Sony, uma colaboração entre as duas empresas poderia dar à Mulher-Aranha original seu próprio seriado pós-Invasão Secreta (e depois de pontas em filmes da Capitã e/ou do Homem-Aranha), baseando-se na minissérie escrita por Brian Michael Bendis, que conta a vingança da personagem contra os Skrulls.

5 – A Poderosa Thor

Natalie Portman interpretou Jane Foster nos primeiros dois filmes do Thor. Quando perguntada se retornaria, a atriz, vencedora do Oscar, se deixou à disposição para novos convites de Kevin Feige. E porque não um convite especial para estrelar o próximo filme do Deus do Trovão? Ou melhor, Deusa do Trovão.

Nos quadrinhos, Jane Foster foi a responsável por reerguer o martelo Mjölnir quando o Thor original se tornou indigno, virando então a Deusa do Trovão em uma série de revistas de sucesso escrita por Jason Aaron.

6 – Feiticeira Escarlate

Wanda Maximoff não é novidade no MCU, tendo surgido já em ‘Vingadores – A Era de Ultron‘ ao lado de seu irmão, o Mercúrio. Embora uma série sobre a personagem ao lado do Visão já esteja em desenvolvimento pela Disney+, por que não dar a uma das heroínas mais poderosas da Marvel a sua própria produção solo?

Baseando-se na revista da Feiticeira Escarlate de James Robinson e Vanesa Del Rey, uma nova série poderia fazer jus ao “feiticeira” do nome da heroína, misturando um pouco mais de misticismo e magia no caminho de Wanda. E porque não uma participação especial do Feiticeiro Supremo, o Doutor Estranho?

7 – X-23

Agora que a Disney e a Fox são uma só, toda a turma mutante pertence novamente a Marvel Studios. Levando em consideração que a imagem do Wolverine já está bastante desgastada, com ele já tendo protagonizado três filme solos e diversas produções dos X-Men, que tal dar o protagonismo agora para a Laura Kinney? A personagem roubou as atenções em ‘Logan’.

Obviamente o Wolverine poderia aparecer nos filmes da X-23, mas não como protagonista. O importante seria acompanharmos a jornada dessa garota que já sofreu muito nessa vida. Inclusive, essa poderia ser a oportunidade para, em eventuais continuações, explorar a ala estudantil do Instituto Xavier, pegando como inspiração os Novos X-Men dos escritores Kyle & Yost.

8 – Monica Rambeau

A Monica foi recentemente introduzida no MCU no filme da Capitã Marvel. Uma criança, na da década de 90, o que significa que ela atualmente já é uma adulta. Nos quadrinhos ela se tornou a Capitã Marvel antes da Carol, e se ela assumisse um papel de protagonismo no cinema?

Monica poderia despontar com o nome Fóton, uma referência a nave de sua mãe, Maria Rambeau, mas alçar ao protagonismo com filmes próprios herdando o título de Capitã Marvel, substituindo eventualmente a Carol.

9 – Garota-Esquilo

Dorren Green já estará na série de TV dos Novos Guerreiros, porém como este projeto está em hiato, estamos recomendando que ela ganhe uma própria série de TV no Disney +.

Um programa focado no humor, mas sem perder a seriedade quando necessário. A série poderia muito bem adaptar a atual fase da heroína nas HQs, com ela precisando equilibrar a vida heroica com a vida de estudante universitária. Seria uma abordagem mais pé no chão, semelhante ao que já ocorre com o Homem-Aranha, porém mais intensa, por estar situada no universo universitário, e não no colegial.

10 – Miss Marvel

Para encerrar, a herdeira do manto original de Carol Danvers, Kamala Khan, também está na fila de uma produção própria. Embora seja uma criação recente, a personagem já encantou o público os quadrinhos e de animações em que foi adaptada. Um filme próprio poderia torná-la de vez no “Homem-Aranha” dessa geração, um fenômeno.

Nas páginas, a heroína é uma inumana que se inspira na Capitã Marvel para combater o crime e o preconceito. Por ser uma adolescente do século XXI, Kamala é uma daquelas personagens na qual muitos jovens se identificam facilmente, mesmo aqueles que não são muçulmanos ou meninas.

Mas e você, caro leitor, que outras heroínas você gostaria de ver no futuro do MCU? Deixe a sua opinião nos comentários.

Please follow and like us:
error

Espera aí meu jovem, já vai embora? Esperamos que você tenha gostado do conteúdo do site. Mas não esquece de nos seguir nas redes sociais abaixo para curtir mais material sobre a Marvel :D